segunda-feira, julho 22, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Marido planejou morte de cantora gospel Sara Mariano durante um mês, diz polícia

     A investigação da Polícia Civil da Bahia apontou que o marido e produtor da cantora gospel Sara Mariano, 35, planejou a morte da mulher por cerca de um mês. Ederlan Mariano foi preso preventivamente na noite desta sexta-feira (27) por suspeita de ser o autor do crime.

    Segundo a polícia, o homem confessou que matou a pastora. A defesa de Ederlan Mariano não foi localizada.

    Os investigadores ainda buscam elucidar a motivação. Mas já sabem que Ederlan tentou apagar dados do celular de Sara para esconder provas. Além disso, a polícia afirma que há indícios de que o produtor contou com outras pessoas para matar a pastora.

    “Certamente há participação de outros autores. O marido se encontra preso, mas é importante que todos os autores sejam responsabilizados e condenados”, afirmou o delegado Marcos Tebaldi, do Departamento de Polícia Metropolitana

    A polícia aguarda os laudos do Departamento de Polícia Técnica para confirmar se o corpo encontrado carbonizado na tarde desta sexta em uma estrada, em Dias D’Ávila, na região metropolitana de Salvador, é de Sara.

    O resultado da perícia também indicará se a cantora foi morta queimada ou teve o corpo incendiado após ser assassinada. “O modus operandi dos autores do crime só será descoberto após a Polícia Civil ter acesso ao laudo”, disse o delegado Euvaldo Costa, titular da 25ª Delegacia Territorial.

    Sara Mariano foi vista pela última vez na terça-feira (24), quando saiu da casa onde mora, no bairro de Valéria, em Salvador, para se apresentar em um evento religioso em Camaçari (a 50 km da capital baiana).

    No vídeo, publicado nas redes sociais, em que Sara disse que ia para a cidade de Dias D’Ávila, ela mostrou o carro que a levaria para o suposto evento. Não há informações de quem seria a pessoa que estava ao volante.

    O desaparecimento da pastora foi registrado formalmente pelo próprio marido na quarta (25), segundo a polícia. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

    Mesmo sem a confirmação policial sobre o corpo encontrado cabornizado, a irmã de Sara, Soraya Correia fez uma postagem nesta sexta lamentando a morte da irmã. Em seguida, divulgou dados de uma vaquinha solidária criada para custear a ida da mãe Dolores Freitas, que mora no Maranhão, para resolver questões do enterro.

    Em outra publicação feita antes da informação sobre a morte, Soraya publicou um vídeo da mãe de Sara dizendo que conversou com a cantora na segunda-feira (23) e a filha disse que teria algo “muito sério” para contar.

    Na gravação, Dolores questiona o fato de Ederlan Mariano não saber qual era a igreja para onde a cantora tinha ido.

    A pastora e o produtor Ederlan Mariano eram casados há 13 anos e têm uma filha de 11. O casal é responsável pela “TV Shalom”, canal de conteúdos evangélicos de produção própria criado em 2015. Hoje com mais de 2.000 vídeos e 258 mil inscritos. O trabalho artístico de Sara Mariano era empresariado pelo marido.

    Antes de confessar o crime à polícia, Ederlan foi às redes sociais para pedir para que as pessoas o ajudassem a descobrir onde a esposa estava.

    Fonte:Noticias Minuto\ ALÉXIA SOUSA
    RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS)

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL