segunda-feira, julho 22, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Segurança cibernética no Brasil passa de opção para obrigação

    Não mais um luxo ou uma reflexão tardia, os serviços e produtos de segurança cibernética se tornaram cada vez mais indispensáveis para as empresas no Brasil, já que o país continua sendo um dos mais atacados do mundo, de acordo com um novo relatório de pesquisa publicado hoje pelo Information Services Group (ISG) (Nasdaq: III), uma empresa líder global em pesquisa e consultoria em tecnologia.

    O relatório ISG Provider Lens™ Cybersecurity – Solutions and Services 2023 para o Brasil constata que o país enfrenta o segundo maior número de ataques cibernéticos na América Latina, perdendo apenas para o México. As ameaças provocaram uma rápida evolução no mercado brasileiro de segurança cibernética,àmedida que os fornecedores adaptam sua postura de segurança e arquitetura de solução para atender às necessidades de segurança de última geração, diz o relatório do ISG.

    “A segurança cibernética é uma questão estratégica importante no Brasil”, disse Doug Saylors, sócio e co-líder da ISG Cybercurity. “É essencial para manter a continuidade dos negócios e a confiança do cliente.”

    Segundo dados do CERT (Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil), os ciberataques tiveram pico em 2020, caíram no ano seguinte, mas voltaram a crescer em 2022. Órgãos governamentais, hospitais, grupos de educação, fabricantes, redes varejistas e empresas de tecnologia já foram vítimas em algum momento, diz o relatório do ISG.

    Com o rápido avanço da tecnologia, a ameaçaàsegurança cibernética no Brasil está crescendo em um ritmo igualmente rápido. De acordo com o relatório do ISG, as empresas foram forçadas a lidar com ransomware, ataques de engenharia social, ameaças internas e ataques baseados em IoT, bem como ataques às suas cadeias de suprimentos. Além de identificar, com sucesso, uma variedade de vulnerabilidades de segurança, as ameaças cibernéticas estão em constante evolução. Novas possibilidades de perigo e métodos de ataque estão surgindo o tempo todo, diz o ISG.

    Infelizmente, muitas empresas carecem do conhecimento interno necessário para gerenciar os riscos de segurança cibernética por conta própria, diz o relatório do ISG. O relatório indica que isso pode dificultar a identificação e mitigação de ameaças cibernéticas e ressalta a importância de engajar com fornecedores que tenham as ferramentas, serviços e experiência necessários para ajudar as empresas a lidar com essas ameaças cibernéticas de forma mais eficiente.

    “É vital para as empresas acompanhar as últimas tendências e tecnologias para gerenciar riscos de segurança”, disse Jan Erik Aase, sócio e líder global da ISG Provider Lens Research. “Tal conhecimento fornece o background que as empresas precisam para investir nas soluções e conhecimentos mais eficazes para proteger seus sistemas e dados.”

    O relatório também examina o papel crescente dos testes de penetração e avaliações de vulnerabilidade na identificação e correção de suscetibilidades em redes e sistemas.

    O relatório ISG Provider Lens™ Cybersecurity – Solutions and Services 2023 para o Brasil avalia as capacidades de 79 fornecedores em seis quadrantes: Identity & Access Management (IAM), Extended Detection & Response (XDR), Security Service Edge (SSE), Strategic Security Services, Technical Security Services e Managed Security Services – SOC.

    O relatório nomeia a IBM como Líder em quatro quadrantes, enquanto a Accenture, ISH e Logicalis são indicadas como Líderes em três quadrantes cada. Agility, Broadcom, Capgemini, Deloitte, Microsoft, NTT Ltd. e PwC são nomeadas Líderes em dois quadrantes cada, enquanto Cato Networks, Cirion, Cisco, CrowdStrike, Edge UOL, E-TRUST, EY, Forcepoint, Kaspersky, Netskope, Okta, OpenText, Palo Alto Networks, RSA, senhasegura, Stefanini, Trend Micro, T-Systems, Unisys, Versa Networks, VMware, Wipro e Zscaler são nomeadas Líderes em um quadrante cada.

    Além disso, Claranet, Fortinet, HPE (Aruba), Kyndryl, NTT Ltd. e OpenText são nomeadas como Rising Stars – empresas com um “portfólio promissor” e “alto potencial futuro” pela definição do ISG – em um quadrante cada.

    Versões personalizadas do relatório estão disponíveis na ISH, Kaspersky e T-Systems.

    O relatório ISG Provider Lens™ Cybersecurity – Solutions and Services 2023 para o Brasil está disponível para assinantes ou para compra única nesta página.

    Sobre o ISG Provider Lens™ Research

    A série de pesquisas em quadrantes do ISG Provider Lens™ é a única avaliação de fornecedor de serviços desse tipo a combinar pesquisa empírica baseada em dados e análise de mercado com a experiência e observações do mundo real da equipe de consultoria global do ISG. As empresas encontrarão uma grande quantidade de dados detalhados e análises de mercado para ajudar a orientar sua seleção de parceiros apropriados (sourcing), enquanto os consultores do ISG usam os relatórios para validar seu próprio conhecimento de mercado e fazer recomendações aos clientes corporativos do ISG. A pesquisa atualmente abrange fornecedores que oferecem seus serviços globalmente, em toda a Europa, bem como nos Estados Unidos, Canadá, Brasil, Reino Unido, França, Benelux, Alemanha, Suíça, países nórdicos, Austrália e Cingapura/Malásia, com mercados adicionais a serem adicionados no futuro. Para obter mais informações sobre o ISG Providers Lens™ da ISG, visite esta webpage.

    Uma série de pesquisas complementares, os relatórios ISG Provider Lens Archetype, oferecem uma avaliação inédita de fornecedores da perspectiva de tipos específicos de compradores.

    Sobre o ISG

    ISG (Information Services Group) (Nasdaq: III) é uma empresa líder global em pesquisa de tecnologia e consultoria. Um parceiro de negócios confiável para mais de 700 clientes, incluindo mais de 75 das 100 maiores empresas do mundo, o ISG está comprometido em ajudar corporações, organizações do setor público e fornecedores de serviços e tecnologia a alcançar excelência operacional e crescimento mais rápido. A empresa é especializada em serviços de transformação digital, incluindo automação, nuvem e análise de dados; assessoria de sourcing; governança gerenciada e serviços de risco; serviços de telecomunicações; estratégia e desenho de operações; gestão de mudança organizacional, inteligência de mercado e pesquisa e análise de tecnologia. Fundada em 2006 e com sede em Stamford, Connecticut, o ISG emprega mais de 1.300 profissionais digital-ready que operam em mais de 20 países – uma equipe global conhecida por seu pensamento inovador, influência de mercado, profundo conhecimento em tecnologia e indústria, e pesquisa e recursos analíticos de classe mundial com base nos dados de mercado mais abrangentes do setor. Para mais informações visite http://www.isg-one.com/

    Contato:

    Will Thoretz, ISG

    +1 203 517 3119

    [email protected]

    Thábata Mondoni, Mondoni Press para ISG

    Mobile: +55 11 98671 5652

    [email protected]

    Fonte: BUSINESS WIRE

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL