quarta-feira, junho 19, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Bombas da Sabesp para escoar água em pontos inundados entram em operação em Porto Alegre

    Bombas de água enviadas pela Companhia de Saneamento Básico de São Paulo (Sabesp) começaram a operar neste domingo (19), no bairro Sarandi, Zona Norte de Porto Alegre. O equipamento será utilizado pela prefeitura para acelerar o escoamento de água nas áreas mais atingidas pelas enchentes.

    As bombas flutuantes emprestadas pela empresa paulista foram posicionadas em uma estação próxima do dique do bairro Sarandi, para drenar a água da região, incluindo a área que abrange o aeroporto Salgado Filho, fechado por tempo indeterminado para pousos e decolagens desde o dia 3 de maio, e também o bairro Humaitá, atingido pela cheia do Guaíba0.

    As inundações na Capital afetaram 157.701 habitantes e 39.422 edificações. Cerca de 12 mil pessoas estão nos 146 abrigos credenciados pela prefeitura, segundo a prefeitura. O Departamento Municipal de Água e Esgotos (DMAE) informa que cerca de 150 mil pessoas seguem sem água em Porto Alegre.

    De acordo com um mapeamento realizado pela prefeitura, o Sarandi foi o local da cidade com mais moradores afetados pelas inundações – cerca de 26 mil. Os bairros Farrapos e Humaitá aparecem na terceira e quarta posição, respectivamente, com mais de 30 mil pessoas atingidas.

    No total, a Sabesp emprestou à Capital nove bombas, que possuem capacidade para drenar cerca de 2 mil litros de água por segundo, ou seja, 7,2 milhões litros por hora. Elas pesam em torno de 10 toneladas, de acordo com Mauricio Loss, diretor do DMAE.

    A expectativa é que novas bombas cheguem ao Rio Grande do Sul entre este domingo e segunda-feira (20). Elas serão instaladas no decorrer da próxima semana.

    As bombas já estão em pleno funcionamento em Canoas e São Leopoldo, munícipios da Região Metropolitana de Porto Alegre

    Tendência de queda no Guaíba
    O nível do Guaíba, em Porto Alegre, apresentou queda de nove centímetros nas últimas 24 horas – caiu de 4,52 metros para 4,43 m.

    A Prefeitura de Porto Alegre abriu três das comportas neste domingo (19) para facilitar o escoamento da água e “desalagar” o Centro Histórico.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL