quarta-feira, julho 24, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Amazônia| Desmatamento cresceu 51% em setembro, aponta Inpe

    De acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o desmatamento na região amazônica cresceu 51,1% em setembro na comparação com agosto. A plataforma TerraBrasilis, do instituto, registrou 26,3 mil focos de destruição. O levantamento considera desmatamento e queimada.

    Setembro foi o mês de maior devastação da Amazônia em 2023 e a sétima pior marca de toda a série histórica do Inpe, iniciada há quatro anos.

    Estados com mais desmatamento

    O Pará continua sendo o Estado que mais desmatou, respondendo por 35,5% da devastação na região. O segundo Estado com maior desmatamento foi o Amazonas, com 18,4% do total. O Mato Grosso ficou em terceiro, com 18,2%.

    Setembro também registrou outro lamentável recorde. O mês foi o de maior desmatamento de vegetação primária, com 10,4 mil focos.

    A vegetação primária é aquela mata intocada, onde as pessoas ainda não provocaram mudanças em suas características originais.

    A plataforma TerraBrasilis começou a registrar a destruição em agosto de 2019. Desde então, a região amazônica apresentou 422,6 mil focos de desmatamento. Segundo o Inpe, de janeiro a setembro, a área de desmatamento na região amazônica acumulou um total de 590,3 km².

    Cerrado mais devastado

    Outro bioma que apresentou um crescimento de desmatamento é o Cerrado.

    O perímetro tomado pelo desmatamento aumentou de 273,4 km² em setembro de 2022 para 516,7 km² em setembro deste ano, o que representa uma alta de 89%. Ambientalistas têm feito pedidos para que que as autoridades olhem para o Cerrado.

    O bioma, que pode ser classificado como uma savana, também é conhecido como berço das águas”, pelas reservas de água que abriga. O Estado com maior área de desmatamento foi o Maranhão, com 115,6 km². Em seguida, apareceram Bahia (90,5 km²), Tocantins (83,6 km²) e o Piauí (47,8 km²). (Revista Oeste)

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL