quarta-feira, julho 24, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Ânima celebra contrato de cessão com o Pravaler

    ANIMA HOLDING S.A. (“Ânima Educação”), em atendimento ao disposto na Resolução CVM n° 44, de 23/08/2021, e no Regulamento do Novo Mercado, comunica a seus acionistas e ao mercado em geral, que concluiu nesta data a assinatura de um Instrumento Particular de Promessa de Cessão e Aquisição de Direitos Creditórios Sem Coobrigação e Outras Avenças” (“Contrato de Cessão”) com a fintech Pravaler S.A. para a cessão de Direitos Creditórios de diversas de nossas Instituições de Ensino Superior (IES), relativos a financiamentos estudantis dos alunos do segmento Ânima Core.

    O valor total líquido estimado a ser recebido para o conjunto das cessões é de aproximadamente R$ 55 milhões, considerando-se uma inadimplência média estimada para a carteira total em 16,6%, taxa de desconto de 16% ao ano, comissão de 1,5% e prazo médio de 17 meses da carteira vendida.

    Na presente data foram realizadas as operações parciais, de duas IESs, com recebimento líquido de R$ 19,1 milhões. As demais cessões são previstas para acontecerem nos próximos 30 dias, e reportaremos à medida em que cada processo se conclua.

    Adicionalmente, a Ânima Educação fará jus a um earnout equivalente a 50% da parcela da inadimplência efetiva que vier a ser inferior à média estimada para a cessão da carteira.

    O ajuste a valor presente (AVP) e a inadimplência estimada já estavam devidamente refletidas nas Demonstrações Financeiras, assim não é esperado impacto relevante nos resultados.

    Anima Educação está à disposição para eventuais esclarecimentos ou sugestões através do Departamento de Relações com Investidores:
    Email: [email protected]

    São Paulo, 19 de setembro de 2023.

    Marcus Vinicius Peixoto Cuiabano
    Diretor de Relações com Investidores

    Marcelo Battistella Bueno
    Diretor Presidente

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL