terça-feira, abril 23, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Farpas de Dantas|

    Queridos leitores da mais nova coluna de política digital, chegamos para mais uma rodada. Costumo dizer que aqui em Rondonópolis é eita atrás de vixe e só os fortes sobrevivem. Pois bem, essa semana foi marcada por duelo de titãs.

    Ah, se essa coluna tivesse trilha sonora, a de hoje seria a música do filme Rocky Balboa.

    Round 1

    Entenda:

    Há cerca de um mês Adilton Sachetti apresentou uma queixa-crime ao Ministério Público Eleitoral contra o diretor do Sanear, Paulo José, alegando calúnia, difamação, fake News e que PJ estaria em antecipação da campanha eleitoral, o que configuraria um comportamento criminalmente reprovável no espectro eleitoral e do aspecto jurídico, um crime de calúnia, com claro interesse de se obter ganho político, isso porque, em uma reunião no bairro Nova Era, Paulo disse que Thiago Silva “Vende a alma ao diabo” quando se propõem a fazer aliança com Sachetti pela conquista do Palácio da Cidadania e, ainda, que Sachetti teria demolido a casa de uma líder comunitária em 2008, quando ainda era prefeito da cidade.

    Round 2

    Continue entendendo…

    Essa semana a juíza eleitoral, Aline Luciane Ribeiro Viana Quinto Bissoni, julgou improcedente a representação movida por Sachetti contra PJ, afirmando que as possíveis ofensas e supostas inverdades mencionadas pela defesa de Sachetti devem ser feitas na esfera do Juízo criminal, alegando ainda, que as críticas aos adversários políticos fazem parte da democracia, que a Justiça Eleitoral só intervém em situações como essa em caráter excepcional, ponderando que, pelo fato de não ter pedido de voto explícito e a referida fala não prejudicar a igualdade de oportunidades entre os candidatos, a situação caracteriza-se como exercício legítimo da liberdade de expressão, razão pela qual, o ex-prefeito, Sachetti, deveria procurar a Justiça criminal que estaria melhora qualificada para fazer juízo do caso.

    Round 3

    Não pense que o Republicano, Adilton Sachetti, se deu por vencido, não, não Senhoras e Senhores.

    O veterano recorreu da decisão da Justiça Eleitoral, destacando, através de seu advogado, Dr. Rodrigo Cyrineu, a necessidade de rever a decisão inicial:

      “Resumir a propaganda antecipada ao pedido explícito de votos não é a orientação do TSE, especialmente em contexto de fake news. A propaganda negativa antecipada se caracteriza com ataques pessoais criminosos e invencionices. Já recorremos e levaremos a discussão ao TRE na certeza de uma resposta firme contra esse tipo de prática nefasta” diz Rodrigo Cyrineu.

    Sim caríssimos, esse duelo travado entre AS e PJ está apenas começando. Façam suas apostas!

    Round 4

    Paulo José está ornamentado para guerra e tem usado todos os seus recursos para sair vitorioso.

    Não pense você que as farpas foram apenas em Thiago Silva e Adilton Sachetti, nessa semana o fiel escudeiro de Zé do Pátio não poupou nem seu “colega progressista” Aylon Arruda.

    Em entrevista a um programa de rádio, PJ disse que esse é o seu momento, pois ele tinha o sonho de ser vice-prefeito e abriu mão para que Aylon pudesse compor a chapa com Zé do Pátio, seguiu dizendo que poderia ter sido suplente de Carlos Fávaro, mas também abriu mão do projeto em benefício do grupo ao mesmo tempo que era pra ter sido candidato a Deputado Federal, mas, mais uma vez abriu mão em prol do projeto de Neuma de Moraes, esposa do prefeito e que agora chegou a vez dele, deixando claro que Aylon precisa entender que o nome de PJ é o melhor, no momento.

    E para você, que está acostumado com os discursos seremos, a voz mansa e expressão tranquila do vice-prefeito, não pense que ele aceitou tudo isso numa boa.

    No outro dia ele esteve no mesmo programa e rebateu a fala de PJ dizendo que o perfil do próximo prefeito que o povo quer, segundo pesquisa qualitativa, é um perfil Gestor, coisa que Paulo José não é, e que, se nas pesquisas qualitativas apontassem que PJ tem as qualidades que a população espera do próximo prefeito, que aí sim ele não teria dificuldade em abrir mão de sua candidatura.

    Na opinião dessa singela colunista, muitas farpas serão lançadas entre os pré-candidatos ainda. Quem viver, verá!

    Pré-candidatos

    Sem desarranjos ou desconforto entre os demais nomes colocados para pré-candidatos a prefeito, Marchiane Fritzen parece mesmo estar disposta construir uma candidatura e mais que isso, uma candidatura solo, ou seja, sem alianças.

    Sim, ela pretende caminhar com apoio exclusivo de seu partido, o União Brasil, que tem, nada mais, nada menos, que Mauro Mendes no grupo.

    Será que vai?

    Pré-candidatos 1

    Uma polêmica estampou os noticiários digitais da semana, surpreendendo muitos rondonopolitanos, inclusive essa que vos fala, onde registros fotográficos revelaram um passado de apoio a um candidato de esquerda por parte do pré-candidato a prefeito o Deputado Estadual Claudio Ferreira, militante, fervoroso, da extrema direita.

    É claro que a política não é estática e assim como o vento, ela circula por todos os lados, demonstrando uma dinâmica de imprevisibilidade.

    Tudo certo!

    E por falar em pré-candidatos, vamos deixar o executivo um pouco de lado e falar sobre o legislativo.

    Pré-Candidatos 2

    Esse ano, devido a reforma eleitoral de 2021, que reduziu a quantidade de candidatos lançados por cada legenda, dificultando, ainda, o acesso ao fundo partidário, o número de aspirantes a vereador vai diminuir, bem diferente do que vimos em 2020.

    O número de agremiações caiu de 32 para 20, incluindo federações como PT/PCdoB/PV, mais uma vez, na humilde opinião dessa colunista o novo conjunto de regras beneficia o eleitor, pois as opções serão menores e os partidos serão mais rigorosos ao definir que candidatos estarão nas urnas.

    Mas, se fizermos uma avaliação do que temos no nosso legislativo hoje, a possibilidade de mudança paira em no máximo um terço, ou, parafraseando a “ex-presidenta” Dilma, 33% dos 21 vereadores que são 100% da casa de Leis, entendeu? Vou explicar.

    A mudança não deve passar de 7, ou seja, uma renovação de no máximo 7 vereadores na leitura feita por essa colunista.

    Pré-Candidatos 3

    E sobre vereadores que já estão colocados como pré-candidatos a reeleição temos o nome forte do presidente da Casa de Leis, vereador Junior Mendonça, que tem se destacado por uma atuação de excelência na gestão da mesa diretora, com opiniões firmes e posicionamentos fortes, Junior Mendonça tem bom trânsito, inclusive entre na turma da direita.

    Isso mesmo Senhoras e Senhores, o ambidestro, Jr. Mendonça tem projetos audaciosos que não se resumem ao legislativo municipal, mas vislumbra uma cadeira no legislativo estadual. Se preparem para 2026.

    Pré-Candidatos 4

    Outro nome de crescente destaque no cenário legislativo municipal é o da vereadora Kalynka Meirelles.

    Kalynka, que desde o início se posiciona como oposição a gestão, não se intimida e tem construído um mandado com bandeiras fortes voltadas, principalmente, para educação, mas sem deixar de atuar na saúde, trânsito e no que diz respeito a defesa do servidor público, ela não fugiu da raia, sempre a frente de discussões importantes.

    Isso tudo a colocou, segundo pesquisa da Percent Brasil, realizada entre os dias 26 e 28 de dezembro de 2023, no top 5 dos nomes mais lembrados na modalidade espontânea, onde não é apresentada a relação de candidatos aos eleitores.

    Vou ficando por aqui, mas te encontro na próxima semana com mais farpas de Dantas. Até lá!

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    CÂMARA -CUIABÁ - BALANÇO 2023

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL