sábado, julho 20, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    FARPAS DE DANTAS: Coluna de Política Digital

    Queridos leitores da nossa Coluna de Política Digital, chegamos para mais uma rodada.

    Sentiram falta dessa leitura semanal? Espero que sim pois temos muita conversa para ser atualizada por aqui!

    Essas últimas duas semanas foram cheias de acontecimentos e os bastidores políticos movimentados.

    As convenções se aproximam, entre 20 de julho e 5 de agosto, e enquanto os nomes de cabeça da majoritária já estão, praticamente, definidos, muito se especula a cerca dos possíveis candidatos a vice, o fato é que o momento pede mudança na gestão da cidade.

    Pesquisa

    No último dia 11 de junho uma pesquisa realizada pelo Instituto Tecnológico da Informação (ITEC) revela que o jogo não está ganho e que os 3 possíveis candidatos precisam trabalhar e muito para conquistar o desejado trono da segunda maior economia mato-grossense. A pesquisa ITEC foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número MT-01093/2024

    Na modalidade estimulada (quando os nomes são apresentados aos entrevistados), o pré-candidato do MDB, deputado estadual Thiago Silva, aparece com 39,8% das intenções de voto. Em segundo, aparece Cláudio Ferreira do PL que ficou com 26,5%. Em terceiro e último lugar ficou o pré-candidato do PSB, Paulo José, que tem o apoio da atual gestão com 13% da preferência das pessoas ouvidas em 30 bairros e oito regiões de Rondonópolis, que é a terceira maior cidade de Mato Grosso.

    Um quadro que, apesar da boa folga entre o primeiro e o segundo lugar, para aqueles que gostam da matemática política e sabendo das articulações e arranjos que podem acontecer, ainda mais se considerar o importante fato do terceiro lugar ter a máquina pública a sua disposição, esse cenário pode, fácil e fatalmente ser alterado.

    Vamos relembrar…

    No último dia 06 de junho uma grande reunião pluripartidária foi realizada pelo arco de apoio ao pré-candidato Thiago Silva na URAMB, rendendo ao deputado muitas e importantes demonstrações de apoio, contando, ainda, com a presença de lideranças comunitárias e de outros grupos, e um fato novo que rendeu muita conversa e promete cenas inéditas nesse novelão que é a política rononopolitana.

    O PP tá fora do grupo de apoio ao pré-candidato de Zé do Pátio.

    Durante o grandioso evento que marcou a pré-campanha de Thiago Silva, figuras importantes estiveram presentes manifestando apoio ao deputado. Nomes como de Adilton Sachetti, Aylon Arruda (vice-prefeito de Rondonópolis), Marchiane, Luizão, Rogério Salles (presidente de honra e militante histórico do PSDB – partido que declarou apoio ao deputado Claudio Paisagista), deputado estadual Nininho, que não só esteve presente como teve uma importante fala onde deixou claro o lado que estará nesse campanha; considerável posicionamento, uma vez que, até então, o deputado não havia declarado apoio efetivo a nenhum grupo, mantendo-se neutro, ou como se costuma dizer, em cima do muro, o famoso sabonete político. Enquanto isso, outra presença de peso foi da deputada Janaina Riva, que é nora do senador Wellington Fagundes, principal liderança do PL em Mato Grosso, que não se omitiu em deixar alvo mais que a neve o lado que andará e que seu nome não é apenas Riva é Riva Fagundes, entendedores entenderão.

    Mas a bomba da noite ficou por conta do anuncio que PP estará no arco de apoio a pré-campanha do deputado Thiago Silva, descontruindo um projeto do prefeito Zé do Pátio que teve um trabalho gigantesco para montar a chapa desse partido, já que o vereador Oséas Reis, que presidia o PP em Rondonópolis, durante a janela partidária pulou fora e filiou-se ao União Brasil, tentando levar todo o partido com a chapa de pré-candidatos a vereadores, sendo interpelado por Zé do Pátio que tinha o PP em sua base. 

    Nisso foi colocado Ubaldo Barros, como presidente provisório do diretório municipal do PP, que mesmo não poupando críticas ao prefeito, por sua insatisfação e frustração quando esteve vice-prefeito ao seu lado na gestão passada, sonhava em compor chapa majoritária ao lado de Paulo José. Pois bem, parece que Ubaldo Barros não se cansa de colecionar frustrações, pois além de destituído do cargo, a possibilidade de ser o escolhido de Zé do Pátio é quase que ZERO e para completar, o PP estará junto com Thiago Silva, deixando Zé do Pátio, que teve o afanoso trabalho de organizar a chapa de vereadores e todos os seus pré-candidatos em maus lençóis.

    Ficou feio de mais para alguns pré-candidatos a vereadores que romperam com amizades e construções políticas para prestar continência ao gestor mor, como soldado fiel (aos seus interesses pessoais).

    Preciso admitir que sigo ansiosa pelos próximos episódios.

    E na casa de Leis???

    Finalmente a tão almejada aprovação do Projeto de Lei que criam mais de 160 cargos para as secretarias municipais aconteceu.

    Vamos relembrar que foram sete tentativas e sempre sendo retirado da pauta quando o líder do prefeito entendia que não conseguiria o êxito ansiado.

    Ocorre que para o dia 3 de junho foi convocado pelo executivo um sessão extraordinária, porém, desrespeitando o rito regimental que exige que a pauta esteja anexa a convocação, ou seja, o executivo pede a sessão extraordinária explicando o motivo da mesma, o que não aconteceu e, mesmo o presidente da câmara tentando dar um “jeitinho” para seguir com a sessão, o presidente da comissão de constituição e justiça, subtenente Guinancio, convocou clamor popular, inflamando tal situação através do veículos de imprensa, deixando Jr. Mendonça numa situação, digamos que, de saia justa, tendo que recuar.

    Porém, foi só o tempo que o executivo precisava para “organizar” os 3 votos que faltavam para aprovar o Projeto e voilà! Na sessão ordinária do dia 6 de junho o projeto foi aprovado. Ponto para Zé do Pátio, que com todo seu poder de articulação e estratégia política, mais uma vez, conseguiu o sucesso que esperava.

    Mas o Zé não teve só ganhos…

    Sim senhoras e senhores, digo isso porque para um político experiente, com 10 mandatos, que faz questão de lembrar esse feito em quase todos os seus discursos, que arduamente criticou as motociatas organizas pró Bolsonaro foi presença marcante no “graus” de moto que aconteceu no estacionamento do Estádio Lútero Lopes, não só esteve, como ousou umas aceleradas, levando os que ali estavam a loucura.

    Há de se informar que os famosos “Graus” de moto incorre em crime de trânsito se constatado ou comprovado o risco à incolumidade pública ou privada, conforme artigo 308 do código de trânsito brasileiro, com penas – detenção, de 6 (seis) meses a 3 (três) anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.

    O que acham desse episódio?

    E para fechar…

    Depois de muitos se especular e esperar do Senador Wellington Fagundes um posicionamento quanto ao pleito municipal de Rondonópolis e, após um convite público feito por sua nora, a deputada estadual Janina Riva, no encontro suprapartidário de apoio à pré-candidatura do emedebista Thiago Silva, para unir-se ao grupo, finalmente o Senador manifestou seu apoio ao deputado Claudio Paisagista, pré-candidato a prefeito pelo PL, durante entrevista ao programa Passando a Limpo, apresentado pelo Jornalista Agnelo Corbelino.

    Porém, como diria Magalhães Pinto, a Política é como nuvem. Você olha e ela está de um jeito. Olha de novo e ela já mudou.

    Ouso dizer, queridos leitores, que tem muita água pra passar debaixo dessa ponte e muitas mudanças podem acontecer até a data das convenções.

    Essas foram as Farpas da semana, senhoras e senhores!

    Vou ficando por aqui, mas te encontro na próxima semana com mais Farpas de Dantas.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL