sábado, julho 20, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Após condenação, campanha de Trump registra arrecadação histórica

    A campanha de Donald Trump revelou nesta sexta-feira (31) que arrecadou US$ 35 milhões (R$ 183,4 milhões) em pequenas doações online, após o veredicto de culpabilidade que, segundo ele, reacendeu o apoio ao seu movimento “como nunca antes” a cinco meses das eleições presidenciais.

    Esse valor recorde foi quase o dobro do segundo melhor dia de arrecadação de fundos de campanha no WinRed, a plataforma oficial de doações do Partido Republicano, conforme informado por assessores.

    “O corrupto (presidente) Joe Biden e os democratas, com sua caça às bruxas política de interferência eleitoral, despertaram o movimento MAGA como nunca antes”, afirmaram Chris LaCivita e Susie Wiles, colaboradores da campanha de Trump, em um comunicado, referindo-se ao movimento “Make America Great Again”.

    “Poucos minutos após o anúncio do veredicto do julgamento-farsa, nosso sistema digital de arrecadação de fundos ficou sobrecarregado de apoio. Apesar dos atrasos temporários online devido ao tráfego intenso, o presidente Trump arrecadou US$ 34,8 milhões de pequenos doadores”, acrescentaram.

    Segundo assessores, 30% do total arrecadado veio de novos doadores na plataforma.

    Na quinta-feira, um júri de Nova York considerou o ex-presidente Donald Trump culpado de 34 acusações de falsificação de documentos contábeis. A condenação está relacionada a um pagamento feito para silenciar uma ex-atriz de filmes adultos, evitando um escândalo sexual durante a reta final da campanha presidencial de 2016.

    Após a audiência, Trump foi libertado sem a necessidade de pagar fiança. Ele enfrenta a possibilidade de até quatro anos de prisão por cada acusação, embora seja mais provável que receba liberdade condicional.

    Apesar das acusações, Trump não está impedido de continuar sua campanha para desafiar Joe Biden nas próximas eleições presidenciais, mesmo no cenário improvável de ser preso.

    Nesta sexta-feira, Donald Trump criticou duramente a condenação contra ele, qualificando o processo criminal como “muito injusto” e politizado.

    “Foi muito injusto (…) vocês viram o que aconteceu com algumas das testemunhas do nosso lado. Eles literalmente as crucificaram”, disse Trump em um discurso na Trump Tower, em Manhattan.

    Trump se tornou o primeiro ex-presidente dos Estados Unidos condenado por um crime.

    O republicano, de 77 anos, enfrenta outros três processos criminais com acusações mais graves relacionadas às suas tentativas de anular os resultados das eleições de 2020, que perdeu para Joe Biden, e ao tratamento de documentos confidenciais que levou para casa após deixar a Casa Branca.

    No entanto, não se espera que esses casos avancem para a fase de julgamento antes das eleições de novembro.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL