quinta-feira, fevereiro 22, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Ricardo Salles desiste de disputar a Prefeitura de SP: “Vou ficar quieto no meu canto”

    O deputado federal Ricardo Salles (PL-SP) confirmou à CNN que desistiu de disputar às eleições para Prefeitura de São Paulo.

    Ele afirma acreditar que “não haja espaço” para concorrer “diante da declaração de Bolsonaro de que vai indicar o vice de Ricardo Nunes”.

    O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) indicou para o cargo de vice de Nunes o coronel Ricardo Nascimento Mello, ex-comandante das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) e que presidiu a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp).

    Salles pretendia concorrer pelo PRD, partido criado a partir da fusão entre o PTB e o Patriota, caso o ex-presidente “ficasse neutro em relação ao Nunes”. Porém, a partir do momento em que Bolsonaro “declara que vai indicar o vice, eu não posso concorrer contra a indicação dele”, disse.

    Indagado se aceitaria o cargo de vice na chapa com o prefeito Nunes, Ricardo Salles foi categórico: “de jeito nenhum”.

    O ex-ministro alegou que não apoiará nenhum candidato na disputa deste ano: “vou ficar quieto no meu canto”.

    O deputado abriu conversas com outras siglas menores, como o PRD, que nasceu da fusão do PTB com o Patriota. A legenda, porém, anunciou ontem (30) a pré-candidatura de Padre Kelmon. “Estava reservada a vaga para mim. Eu é que decidi não avançar a pedido do próprio Bolsonaro que me pediu para não sair do PL”.

    Em outubro do ano passado, Salles avaliava deixar seu atual partido, o PL, para retomar seu plano de concorrer às eleições de 2024.

    Na época realizou inclusive uma publicação em suas redes sociais afirmando que está “back to the game” (de volta ao jogo).

    Segundo apuração da CNN, bolsonaristas teriam ficado animados com a pesquisa Atlas Intel, de janeiro deste ano, que registrou 17,9% de intenção de votos para Salles, que estava empatado com o atual prefeito da capital.

    Após a publicação, deputados, senadores e influenciadores bolsonaristas teriam ligado para o deputado, aconselhado que ele mantivesse a pré-candidatura.

    Essa é a segunda vez que o ex-ministro do Meio Ambiente do governo de Jair Bolsonaro desiste de concorrer às eleições municipais na cidade de São Paulo. A primeira foi em junho do ano passado, quando disse “não ter alternativa”.

    Vice de Nunes
    Em entrevista à CNN, o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, confirmou o apoio de Bolsonaro a Nunes.

    O presidente da sigla diz acreditar que “Bolsonaro garante 30% dos votos em São Paulo”. A partir disso, afirmou que o PL está “firme com Nunes”.

    Aliados do prefeito alegam que a escolha do vice de Nunes será chancelada em março.

    À CNN, Ricardo Salles afirmou que o próprio Jair Bolsonaro pediu a ele que não deixasse a sigla e que permanecerá no partido, “não tem para que mudar”, disse.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL