quarta-feira, junho 19, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    PL na ALMT quer que as empresas consertem os danos causados em decorrência de obras.

    Tramita na Assembleia Legislativa projeto de lei que pretende multar em até R$ 50 mil a empresa que não fizer reparos aos danos  causados em decorrência de obras ou serviços nas ruas e avenidas em Mato Grosso.

    O texto (PL 193/2022) foi apresentado pelo deputado Valdir Barranco (PT) no dia 22 de fevereiro, e dá 15 dias, a partir da conclusão da obra ou serviço, para que as empresas consertem os danos. 

    “Os reparos deverão ser executados com material de qualidade igual ou superior ao originalmente existente nas vias, logradouros e demais equipamentos públicos, seguindo as normas técnicas de segurança e acessibilidade, mantendo-se, inclusive, as características estéticas encontradas antes do dano”, diz trecho da lei. 

    Segundo a proposta, em caso de descumprimento, a empresa  deverá  ser, primeiramente, advertida. Caso o descumprimento permaneça, a multa pode ser aplicada entre R$ 1 mil e R$ 50 mil, a depender do porte economico da empresa infratora e das circunstâncias do caso. 

    Conforme Barranco, a proposta considera “a péssima qualidade de restauração da pavimentação de vias e logradouros públicos após a execução de obras sob responsabilidade de terceiros, o que gera transtornos à população, além de gastos pelo Estado e municípios que, em via de greva, têm o dever de manter em condições de uso e de segurança esses locais”. 

    Redação com Repórter MT

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL