quinta-feira, abril 11, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Lideranças afirmam que Cláudio Ferreira representa a direita na disputa em Rondonópolis

    Deputado é pré-candidato a prefeito com apoio do ex-presidente Bolsonaro

    Os vereadores que recentemente filiaram no PL de Rondonópolis, Kalynka Meirelles e Paulo Schuh afirmaram, categoricamente, que o projeto do PL é o único que representa a direita e mudança na cidade. A avaliação dos dois é corroborada pelo deputado federal, José Medeiros (PL), aliado com proximidade pessoal com o ex-presidente, Jair Bolsonaro (PL), e que ressalta ter como orientação da nacional do partido a importância de trabalhar Brasil à fora no sentido de que as candidaturas tenham realmente comprometimento com as pautas conservadoras e com os interesses da população.

    “Tanto a direção nacional do PL como o próprio Bolsonaro já avisaram que, salvo raríssimas exceções, só haverá apoio do ex-presidente, durante a campanha eleitoral, aos projetos encabeçados pelo PL e isso não é à toa. Infelizmente a gente viveu situações recentes que demonstraram que não podemos mais errar e o próprio eleitor de direita nos cobra isso. Temos um eleitorado majoritário e muita gente encosta para querer aproveitar desse apoio, mas não vamos permitir cair em armadilhas. Em Rondonópolis, por exemplo, o projeto do PL é a pré-candidatura do Cláudio, mas estamos abertos a conversar com outras siglas, desde que isso não nos tire do nosso eixo ideológico e de valores”, ilustrou Medeiros. Ele frisou ainda, que o PL e o Cláudio estão dialogando apenas com lideranças e partidos que não defendem aliança com PT e seus aliados e que não representam a continuidade da atual gestão municipal.
    A vereadora Kalynka, que recentemente migrou do Republicanos para o partido de Bolsonaro, enfatiza que a coerência é um item de que a população não abre mão.

    “É muito fácil notar que o eleitor que vê um candidato do outro lado vencer a eleição pode até discordar completamente das ações do governo eleito, mas ele respeita. Agora um candidato dizer ser de direita ou de esquerda na campanha e no exercício do mandato agir de maneira contrária aos princípios é algo simplesmente intolerável. A minha vinda para o projeto do PL é exatamente pela coerência e o posicionamento claro que o partido tem para Rondonópolis e o para o país. A população não tolera político em cima do muro e sem posição”, citou.

    Já Paulo Schuh analisa que muita gente da ‘velha política’ tem dificuldade de entender o cenário atual.

    “Temos hoje nas redes sociais a cobrança direta do cidadão. Existe essa nova relação criada com o público, muito por causa também do Bolsonaro, que mudou muita coisa na cabeça do eleitor. O que eu vejo são alguns políticos da velha geração ou que são filhotes de velhos caciques confusos no meio disso, apostando que as coisas obedecerão a regras do passado. As reuniões de portas fechadas não resolvem mais, é preciso conversar e entender os anseios do povo. O Cláudio representa o cidadão comum e está preparado para ser o prefeito da cidade neste novo momento”, ressaltou o recém-filiado ao PL.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    CÂMARA -CUIABÁ - BALANÇO 2023

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL