Castelo de Cristal| Secretaria municipal de governo e o “chá de cadeira” em secretários de Rondonópolis

Castelo de Cristal| Secretaria municipal de governo e o “chá de cadeira” em secretários de Rondonópolis

Ao que parece levar “chá de cadeira” é a nova modalidade na prefeitura de Rondonópolis, anteriormente essa prática estava destinada aos vereadores, que não se submetem integralmente ao comando do prefeito Zé do Pátio (PSB).

Nos últimos dias, as informações é que existe um” castelo de cristal” que foi erguido na secretaria de governo; que está deixando inclusive “coleguinhas” secretários de “molho” na recepção do gabinete. Alguns secretários municipais têm esperado por muito tempo o atendimento, quando estão levando demandas do município, para a secretaria de governo sob o comando da secretária Ione Rodrigues dos Santos.

Alguns inclusive tem desistido de tentar a conversa, devido à demora no atendimento; diga-se de passagem, existem câmeras que mostram os corredores e a recepção e dessa forma é possível saber quem está aguardando.

Nos corredores da prefeitura o comentário, é que depende que quem está no aguardo se for súdito do castelo de cristal; recebe atendimento. Caso contrário fica no “chá de cadeira”, que se tornou especialidade do Reino.

A pergunta que não quer calar o prefeito sabe dessa situação?

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias

Pátio: “Tira as meias sem tirar os sapatos”; fator Argemiro

O prefeito José Carlos do Pátio de Rondonópolis, declaradamente socialista e apoiador de Lula (PT) nas eleições para presidente de 2022. Não deixa escapar nada em sua estratégia de perpetuar

Marretadas 0 Comentários

SÍLVIO FAVERO VAI LOTAR ENVOLVIDO NA OPERAÇÃO BERERÊ EM SEU GABINETE

Apesar de um índice de renovação de 58% na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), a população não deve esperar mudanças reais, afinal os “novos” acabam absorvidos pelo sistema e

Notícias 0 Comentários

AL CAPONE SERIA ELEITO PRESIDENTE DA CÂMARA “PELA GOVERNABILIDADE”

As eleições de 2018 marcadas pela renovação política, na Câmara dos deputados foram eleitos 243 deputados “novos” quase 50% e o Senado mostrou um índice de renovação de 87,03%. Das