domingo, junho 23, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Botelho e Brunini empatados na disputa em Cuiabá

    Desde o fim do ano passado, pesquisas eleitorais começaram a apontar possíveis nomes para concorrer às prefeituras em 2024.

    Em Cuiabá, o Instituto Percent, realizou uma pesquisa de intenção de votos na capital entre os dias 01/02 e 04/02.

    Eduardo Botelho (União Brasil), que teve crescimento do final do ano passado estacionou e apresentou 23,7% dos votos e vê seus adversários se aproximando.

    Abílio Brunini (PL), segue na 2ª colocação com 20% do eleitorado, seu resultado pode ser considerado um empate técnico com o deputado Eduardo Botelho (União Brasil).

    Em terceiro, aparece o deputado estadual Lúdio Cabral com 14% das intenções de voto do eleitor à frente de Fábio Garcia, que foi apontado como favorito por 10,8% dos entrevistados.

    O vice-prefeito de Cuiabá, José Roberto Stopa (PV), registrou 4,5%, seguido pelo Pastor Marcos Ritella (PTB), último colocado, com 2% do eleitorado.

    Os votos brancos e nulos somaram 8%, enquanto 16,5% dos pesquisados disseram estar indecisos.

    A pesquisa do Instituto Percent também perguntou aos eleitores da capital em que candidato eles não votariam de jeito nenhum. E neste quesito, Abílio Brunini apresenta a maior rejeição, com 24,8% dos eleitores dizendo que não optariam pelo bolsonarista. Na sequência, aparece o petista Lúdio Cabral, com 9

    Foram ouvidas 1,2 mil pessoas, de forma presencial, na zona rural e urbana de Cuiabá a amostragem é de 95% e a margem de erro é de 2,83% para mais ou para menos.

    O registro da pesquisa está sob nº 06359/2024 MT – Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

    A rejeição dos candidatos também fez parte da pesquisa e Abílio Brunini tem 24,8% de rejeição. Seguido pelo candidato da esquerda e partido do presidente Lula, Lúdio Cabral, que acumula 9,9% de rejeição. Na sequência vem Botelho com 6,6%; Stopa com 5,5%; Marcos Ritella com 4,3% e, se destacando como o “menos rejeitado”, Fábio Garcia aparece com apenas 1,5%.

    Com informações do Portal O Documento

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL