segunda-feira, março 4, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Weintraub é demitido Unifesp por faltar 218 dias de trabalho e ficará inelegível por 8 anos

    O ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi desligado do cargo de professor na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) devido a 218 faltas não justificadas ao trabalho.

    A demissão de Weintraub foi oficializada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (7/2) pela Controladoria Geral da União, após um Processo Administrativo Disciplinar (PAD). Segundo a CGU, Weintraub teve direito à defesa e ao contraditório durante o processo.

    Durante o período de outubro de 2022 a setembro de 2023, Abraham Weintraub ocupava o cargo de professor do magistério superior na Unifesp. A punição de expulsão da universidade resultará em sua inelegibilidade por oito anos, conforme estabelecido pela norma de inelegibilidade (nº 64/1990).

    Após a decisão da CGU, Abraham Weintraub se manifestou em sua conta no Twitter, criticando a instituição e a chamando de “CGU do Lula”, além de convidar os seguidores a acompanharem seus pronunciamentos na rede social.

    Hora Brasilia

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL