Vereadores se reúnem com entidades e representantes da sociedade organizada para discutirenfrentamento à pandemia

Vereadores se reúnem com entidades e representantes da sociedade organizada para discutirenfrentamento à pandemia

Os vereadores Fábio Cardozo (PDT) e Reginaldo Santos (SD) se reuniram com diversos empresários que representam setores da economia e com representantes sociedade organizada na tarde do dia (15), com o intuito de ouvir os empresários e debater a situação atual dos comerciantes diante do enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

Fábio Cardozo destaca a necessidade de dialogo e união da população, empresários e órgãos públicos já que tantos os comerciantes quanto à população tem enfrentado dificuldades com o fechamento dos comércios e defende que as ações tomadas pela administração pública sejam feita a partir de estudos e consenso entre os empresários e a população para que nem a população nem a economia tenham tantas percas. 

“Vivemos momentos difíceis e os casos de contaminação continuam avançando, a classe empresarial quer novas medidas de enfrentamento a pandemia, e que estas sejam tomadas a partir de estudos e semelhantes às de países onde se enfrentou o novo coronavírus sem agredir tanto o comércio, a geração de emprego e a economia.

O vereador Reginaldo Santos destaca a articulação dos vereadores para que o enfrentamento a pandemia seja amenizada no município. “Estamos articulamos diversas reuniões entre empresários, sociedade organizada e órgão público no intuito de dialogar e aproximar os empresários da gestão com foco no enfrentamento a pandemia no município, além de alinhar o trabalho da Prefeitura, Santa Casa e Setor Produtivo no melhor para a população”.

O vereador Fábio Cardozo também é membro do Comitê de Gestão de Crise, segundo ele a proposta do setor é criar estratégias para isolamento e separação entre quem está contaminado pela Covid-19 e quem não está. “Esta seria uma alternativa mais inteligente, baseada em outros locais que deram certo, podendo subsidiar as decisões, a partir de estratégias isolar os doentes para tratamento e conter a  contaminação de forma eficaz, não prejudicando  tanto o comércio quanto a nossa economia. A ideia é traçar um projeto de enfrentamento com cunho científico e inteligente para evitar medidas extremas, como o fechamento de tudo”, frisou o vereador.

Assessoria

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

CHAPA-RETRÔ : ALCKMIN À LA LULA 2002

Josué Gomes, o empresário mineiro filiado ao PR que o Centrão gostaria de ver como vice-presidente de Geraldo Alckmin deu para trás. Ou quase. Em sua primeira reunião com o

Saúde

DENGUE – Pessoas idosas estão entre as mais vulneráveis ao vírus

As pessoas com mais de 60 anos de idade são mais vulneráveis às complicações causadas pela dengue, doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. A causa pode estar em doenças pré-existentes,

Notícias

Eleições 2020: A cada 5 candidatos, 2 declaram não ter patrimônio

O número de candidatos que não declararam bens à Justiça Eleitoral aumentou quase 10% nas eleições municipais deste ano em relação ao registrado em 2016. Entre as mais de 549 mil