VEREADORES ESTARIAM SENDO AMEAÇADOS EM RONDONÓPOLIS

VEREADORES ESTARIAM SENDO AMEAÇADOS EM RONDONÓPOLIS

Vereadores de Rondonópolis, estariam sendo ameaçados, por conta de um projeto de lei que prevê alteração na Lei Orgânica do Município, sobre as prestadoras de serviços no estilo de serviços cooperativados.

Após a Cooperativa Vale do Teles Pires (Coopervale), ser alvo e investigada por contratos irregulares com a Prefeitura do município, que resultaram no pagamento de mais de R$ 67 milhões. Indícios apontam que vários indivíduos são utilizados como prováveis “laranjas” para devolução desses valores para agentes públicos e outros particulares possivelmente que estejam atuando na “lavagem de dinheiro”.

Com a alteração se aprovada, as prestadoras de serviço deverão assinar a carteira de trabalho dos seus empregados, que terão todos os direitos como FGTS, licença maternidade, entre incluídos na CLT.

No entanto, áudios e mensagens em grupos de WhatsApp chegam a incitar uma invasão na casa de leis, para evitar que o projeto seja aprovado pelos parlamentares. Segundo as informações os áudios teriam partido de cooperados da Coomser – Cooperativa de Trabalho e Serviços de Rondonópolis, e que presta a longos anos serviços ao Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) que não estariam concordando com a alteração.

LEIA MAIS

Importante destacar que a Coomser, é uma prestadora de serviços que não tem relação com a Coopervale, ora investigada, sendo que as referências sobre a coomser em relação aos serviços junto ao Sanear são consideradas de extrema relevância, não existindo ato desabonador sobre a Idoneidade da empresa.

REDAÇÃO

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

DEVOLUÇÃO DE ÁREA VAI SER DELIBERADA EM ASSEMBLEIA DA URAMB

Acontece neste sábado dia 30 de setembro, a Assembleia Geral da Uramb (União Rondonopolitana das Associações de Moradores de Bairros), com primeira chamada ás 14 horas e segunda chamada ás

Notícias 0 Comentários

Smartmatic é reprovada no teste do TSE para as eleições 2018

Após TSE escolher com um polêmico pregão eletrônico a empresa que fornecerá impressoras para 30 mil urnas eletrônicas. O módulo de impressão da Smartmatic não passou no teste do TSE.

Notícias 0 Comentários

TURMA DA MÔNICA : MAURÍCIO DE SOUZA REVELA TER SOFRIDO PRESSÃO PARA ENGAJAR QUADRINHOS NA “CAUSA ESQUERDISTA”

O escritor e cartunista Maurício de Souza, criador da Turma da Mônica, revelou em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, ter sofrido pressão de amigos militantes para “engajar”