sexta-feira, abril 12, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Universalização da coleta seletiva| Rondonópolis é referência para o país

    Centenas de pessoas participaram ontem (09) da cerimônia que marcou a universalização da coleta seletiva de lixo em Rondonópolis e o lançamento do PIX Sanear. O evento fez parte das comemorações do aniversário da cidade, celebrado neste sábado (10). Rondonópolis agora é o primeiro município deste porte na região Centro Oeste a fazer a coleta seletiva individualizada (porta a porta) em todas as regiões da zona urbana.


    O serviço foi implantado de forma gradativa e já cobria regularmente 60% dos bairros. Para alcançar a totalidade a Prefeitura, através do Sanear, ampliou a frota e também a equipe da coleta seletiva. Os dias e horários desta coleta já foram informados em panfletos distribuídos nos domicílios (veja abaixo) e também podem ser consultados no site e nos serviços de atendimento do Sanear.


    “O Poder Público está fazendo sua parte, mas a adesão da população é fundamental para o sucesso. A sociedade precisa, cada vez mais, entender que resolver o problema do lixo passa por ações individuais e coletivas”, afirmou o presidente do Sanear, Paulo José Correia.
    “A gente precisa ter a compreensão que o lixo não some depois que deixa a nossa casa. Ter consciência e atitude sobre o que se faz com ele é primordial. Contamos com o apoio de todos para dar esse presente à nossa cidade”, completou, fazendo uma alusão ao aniversário de Rondonópolis.


    O prefeito José Carlos do Pátio também reforçou o apelo para que a população procure se informar e contribua para ampliar o volume do lixo coletado para a reciclagem. Ele disse ainda que a universalização é parte de um projeto maior, focado na responsabilidade ambiental e na melhoria da qualidade de vida dos rondonopolitanos.
    “Já universalizamos as redes de água e esgoto, a coleta comum e, agora, também a coleta seletiva. Isso foi possível porque mantivemos o Sanear como uma empresa pública e, ao contrário dos que defendem a tese do ‘estado mínimo’, acreditamos em um estado possível e ideal para atender as necessidades da população”, declarou.


    A MAIS SUSTENTÁVEL

    O presidente da Câmara Municipal de Rondonópolis, Roni Magnani, citou que o município já detém o título de campeão em sustentabilidade em Mato Grosso e considera que a universalização da coleta seletiva reforça a condição de referência nacional nesta área.
    “Na Câmara aprovamos várias matérias que possibilitaram chegarmos a esse momento. Rondonópolis mais uma vez sai na frente e ficamos orgulhosos de passar esses números para o estado de Mato Grosso. Questões como o saneamento básico, a coleta seletiva e o aterro sanitário são assuntos dos quais não podemos fugir. O futuro nos cobra isso”, disse Magnani.


    As autoridades também apontaram que a iniciativa terá consequências positivas para a economia e o desenvolvimento social. “Isso tem a ver com saúde ambiental da cidade, com desdobramentos em várias áreas. Quando se coloca a coleta seletiva em toda a cidade você cria postos de trabalho nada cooperativas que vão reciclar este material e minimiza o impacto do lixo no meio ambiente”, explicou a juíza Milene Aparecida Pereira Beltramini, titular do Juizado Volante Ambiental e parceira no projeto de ampliação da coleta seletiva. “Essa consciência demonstra grandeza e o comprometimento de todos com o futuro da cidade e do planeta. É muito benéfico”,


    O senador Wellington Fagundes, também presente à cerimônia, considerou que a universalização da coleta é um marco histórico e chamou a atenção para o envolvimento da sociedade.


    “É muito bom ver essa união da Prefeitura, da Câmara de Vereadores, do Ministério Público, o Poder Judiciário e as entidades – em especial o movimento comunitário, através da Uramb e da Unisal. Juntos podemos dar um exemplo ao país, deixando um grande legado para que os nossos filhos e netos tenham um meio ambiente preservado e com boa qualidade de vida”, afirmou.


    Além de autoridades dos três poderes e das lideranças do movimento comunitário, a cerimônia teve também a participação de representantes de entidades ligadas ao comércio, indústria, serviços, construção civil, da UFR, Unemat, PM, 18 GAC e das cooperativas Coopercicla e Nova Esperança – que atuam diretamente na seleção e reciclagem dos materiais coletados no município.


    Veja abaixo o roteiro com os dias e períodos em que a equipe da coleta seletiva estará em cada bairro do município. Vale lembrar que os moradores podem destinar à essa coleta o chamado ‘lixo seco’ (papéis, papelões, plásticos, vidros e metais).

    Estes materiais podem ser acondicionados de forma conjunta, já que a separação será feita posteriormente pelas cooperativas credenciadas.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    CÂMARA -CUIABÁ - BALANÇO 2023

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL