Trump e Bolsonaro declaram guerra a grupos terroristas e narcotraficantes

Trump e Bolsonaro declaram guerra a grupos terroristas e narcotraficantes

John Bolton, o assessor presidencial dos Estados Unidos para assuntos de segurança nacional, assistente pessoal de Trump, chega no Brasil na próxima quinta-feira (29) para visitar o presidente eleito Jair Bolsonaro. O encontro ocorrerá no Rio de Janeiro.

Segundo fontes do Terça Livre, o assunto principal será a Venezuela e ações para combater as violações dos direitos humanos cometidos pelo regime socialista de Maduro.

Outros assuntos que devem ser abordados giram em torno do narcotráfico e a atuação que envolve lavagem de dinheiro na tríplice fronteira do Brasil organizado por grupos terroristas como Hamas e Hezbollah.

O combate às ações de grupos terroristas e narcotraficantes é uma meta antiga da Casa Branca na tríplice fronteira do Brasil, Argentina e Paraguai, mas nunca houve vontade política dos governos do PT e PSDB para combater tais ações.

A expectativa da Casa Branca é retomar o diálogo com o futuro governo Bolsonaro na esperança de desarticular parte dessa estrutura criminosa.

Segundo especialistas da área, acreditá-se que a tríplice fronteira movimente 20% (1/5) dos recursos que financiam grupos terroristas e narcotraficantes da América Latina e Oriente Médio.

Mário Oliveira
Redação Terça Livre

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Saúde

Deputado Silvio Fávero defende cuidado redobrado com os motoristas e funcionários de pedágios

As classes também precisam de atenção e cuidado redobrado na prevenção ao coronavírus

Notícias

Assaltantes levam equipamentos e carro de fotógrafos de candidato a prefeito

Dois fotógrafos, que fazem parte de equipe fotográfica do candidato a prefeito de Rondonópolis Thiago Muniz, foram vítimas de assalto. O crime aconteceu na noite de quarta-feira (21). De acordo

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta