Telegram sob a mira da Justiça no Brasil

Telegram sob a mira da Justiça no Brasil

O Ministério Público Federal já escolheu um adversário a enfrentar na campanha eleitoral deste ano: o Telegram. Os procuradores querem impedir a propaganda eleitoral no aplicativo de mensagens russo sob a alegação de que a empresa não tem representação no Brasil nem atende às determinações da Justiça brasileira.

Sem os controles de redes como Whatsapp e Twitter contra notícias falsas e discurso de ódio, o Telegram virou porto seguro os agentes de noticias falsas.

Redação com Meio

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

GLOBO É ACUSADA DE PLAGIAR VÍDEO EM VINHETA DE FIM DE ANO

A nova vinheta da Globo para o fim do ano reuniu artistas da emissora a céu aberto e mostrou todos em ritmo de alegria enquanto tocam e cantam a famosa

Mato Grosso

Homem sofre queimaduras graves durante incêndio dentro de casa

Durante um incêndio na tarde de domingo (17), um homem de 54 anos sofreu queimaduras de primeiro e segundo graus após o fogo atingir a casa onde mora em Rondonópolis

Destaques 0 Comentários

ATACADÃO DE BARRA DO GARÇAS É ALVO DE AÇÃO DO MPE

Graves irregularidades sanitárias, como alimentos com validade expirado e/ou deteriorados e práticas de mercado abusivas, bem como divergências de preços entre os valores anunciados e os efetivamente cobrados no caixa