STF VAI AVALIAR A PAUTA AUXÍLIO-MORADIA EM MARÇO

STF VAI AVALIAR A PAUTA AUXÍLIO-MORADIA EM MARÇO

O auxílio-moradia pago a juízes, procuradores e conselheiros de Tribunais de Contas volta em um mês à pauta do Supremo. Em 2014, o ministro Luiz Fux havia estendido o benefício a todos os magistrados, nacionalmente, por liminar.

Havia um julgamento em curso, mas Fux o interrompeu para pedir vistas. Seu voto finalmente ficou pronto em dezembro – demorou cinco anos. No início de dezembro mesmo Fux impediu que seguisse uma ação popular contra o benefício que simplesmente adiciona R$ 4,3 mil aos salário da turma.

A ministra Cármen Lúcia tem em cima da mesa, desde agosto, um estudo do Conselho Nacional de Justiça para barrar a criação de auxílios vários para juízes. Uniformiza nacionalmente o que é pago e proíbe que surjam novidades.

O procurador Deltan Dallagnon, coordenador da força-tarefa do MPF na Lava Jato, recebe R$ 4.377,73 mensais. E mora em casa própria.

Desde 2014, foram empenhados R$ 5,4 bilhões com o benefício para membros do Judiciário e do Ministério Público. Números da Contas Abertas.

Manoel de Queiroz Calças, presidente do TJ-SP, sobre o valor médios de R$ 4 mil para o auxílio: “Eu acho muito pouco. É isso que você quer ouvir? Recebo. E tenho vários imóveis.”

Redação com Canal do Meio

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias

Escola Municipal Melchiades Figueiredo Miranda no Pedra 90 foi toda reformada

Preocupada com a educação das crianças do município, a prefeitura municipal vem dando sequência ao seu projeto de reforma, ampliação e construção de novas unidades em toda rede de educação

Política

DIREITA CONSERVADORA: PRTB TERÁ CEL. BONOTO E PR. AGEU NA DISPUTA PELA PREFEITURA

Nesta quarta-feira (16), o PRTB em Rondonópolis, definiu a chapa que será registrada para a disputa majoritária da prefeitura nas eleições de 15 de novembro. O candidato a prefeito já

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

Servidores Municipais: Paralisação Geral em Rondonópolis

Os Servidores Públicos Municipais de Rondonópolis participaram na manhã de segunda  (10), de assembleia promovida pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rondonópolis (Sispmur), onde foi decidido por unanimidade pela

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta