Assessoria Acir Segmento noturno: Acir e parlamentares buscam solução para as empresas na pandemia

Segmento noturno: Acir e parlamentares buscam solução para as empresas na pandemia

Reivindicando o direito de trabalhar e de manter as empresas abertas, os segmentos de bares, restaurantes e similares se reuniram com Deputados Estaduais e Vereadores de Rondonópolis buscando soluções para a urgente situação de instabilidade financeira e demissões em massa vivenciadas pelos setores.

A perspectiva de recessão mundial é uma realidade cruel e bastante próxima, com as inúmeras paralisações no País. Rondonópolis vivencia neste momento a continuidade na redução do horário de funcionamento dos setores noturnos. Mal se recuperaram do ano de 2020 e a realidade continua difícil e preocupante.

Em reunião realizada no auditório da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Rondonópolis – Acir, mais uma vez, os setores buscaram medidas efetivas para auxiliar na flexibilização, mesmo que parcial do horário de funcionamento de suas empresas.

Com o apoio dos vereadores presentes, o presidente da Comissão de Indústria e Comércio, ficou acertado que o vereador Cido Silva (PSC), elaborará um ofício ao Prefeito José Carlos do Pátio e ao Comitê de Gestão de Crise, solicitando as flexibilizações nos horários de funcionamento.

A Deputada Estadual Janaina Riva (PMDB), acompanhou a reunião de forma on-line e garantiu que estará levando a demanda solicitada pelos segmentos juntamente com os vereadores ao Prefeito de Rondonópolis, “O que não pode acontecer é inviabilizar o funcionamento de setores que produzem e geram um impacto gigantesco na geração de emprego e renda. Nós estamos falando de 12 mil empregos na cidade, quem está trabalhando não aglomera, e desta forma segue os protocolos sanitários.”, diz a deputada Janaina Riva.

Para o Presidente da Acir, Renato Del Cistia, o foco deve ser nas aglomerações e festas clandestinas, na fiscalização ao cumprimento dos protocolos sanitários e, não a inviabilização da abertura de quem está garantindo milhares de empregos com responsabilidade, com cumprimento de protocolos, com respeito a vida, com respeito a saúde e, girando a economia, “As aglomerações estão matando pessoas e quebrando empresas, é nítido que dentro de um estabelecimento comercial as regras sanitárias são exigidas e cumpridas. Não é justo um empresário fechar o estabelecimento enquanto a aglomeração acontece sem nenhuma fiscalização. Estamos aguardando um posicionamento do Poder Público quanto a essas reivindicações, essa união entre os deputados e vereadores ecoará longe.”, finaliza, Renato Del Cistia.

Os últimos decretos municipais sempre mencionaram a obediência ao Decreto Estadual nº 874, e os requerimentos feitos na reunião vêm em conformidade com a classificação de risco que está Rondonópolis, ou seja, autorização para o funcionamento, nos seguintes dias e horários:

I – de segunda a sábado até às 22h;

II – aos domingos que os restaurantes e congêneres, inclusive localizados em

shopping centers, possam funcionar até as 15h;

IV- Liberação do funcionamento aos feriados nos horários determinados;

V- que o toque de recolher seja a partir das 23h.

A Acir conta mais uma vez com a sensibilidade do Prefeito e do Comitê Gestor de Crise e acredita que essas medidas são importantes vetores de pacificação social, de preservação de empresas e de empregos, colaborando para atenuar os graves efeitos econômicos da crise de saúde pública.

Redação com Assessoria

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

GALLI DEFENDE VETO A QUALQUER TIPO DE ABORTO E QUER PENA DE PRISÃO PERPÉTUA A ESTUPRADOR

O deputado federal Victório Galli(PSC-MT) tem 56 anos, nasceu no pequeno município de Rosana, interior de São Paulo, é pastor da Assembleia de Deus em processo de doutoramento em práticas

Destaques

Projeto concede incentivos fiscais a empresas que garantam emprego a mulheres vítimas de abuso

Assembleia Legislativa analisa o projeto de lei 637/2020 que concede incentivos fiscais a empresas que contratarem mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, diminuindo 3% do Imposto Sobre Circulação de Meradorias e

Notícias 0 Comentários

OPOSIÇÃO: PSD ABANDONA O BARCO E ENTREGA CARGOS DO GOVERNO TAQUES

Em reunião, realizada nesta quarta-feira (21), os correlegionários do partido decidiram, por cinco horas, que o PSD desembarca do Governo tucano. A legenda ainda decidiu entregar todos os cargos que