SALÁRIOS  DE MAIO DOS SERVIDORES DO MT PODERÁ SAIR SOMENTE DIA 25

SALÁRIOS DE MAIO DOS SERVIDORES DO MT PODERÁ SAIR SOMENTE DIA 25

Uma noticia está deixando os servidores públicos do estado em “alerta” , existem informações sobre a possibilidade de atraso nos salários de maio, e que o governo só irá pagar os salários no dia 25 de junho.

O assunto ganhou tons de veracidade , após o governador Pedro Taques (PSDB) revelar que utilizou R$ 70 milhões da folha de pagamento do Estado para repassar aos hospitais regionais de Mato Grosso.

Apesar da retirada do valor, o governador  assegurou que tem trabalhado intensamente para garantir os salários dos servidores públicos até o dia 10 do mês subsequente.

No entanto, o clima é de insegurança, e é reforçado pelas falas do governador que tem reafirmado o avanço sobre a folha de pagamento. “R$ 70 milhões já foram para a saúde, nós entesouramos recursos de pagamentos da folha e determinei a retirada deles para que possamos fechar a saúde. E até o dia 2 de junho chegaremos aos R$ 162 milhões”, disse.

Ao ser questionado sobre o modo como será feito o repasse do mês de junho aos servidores públicos estaduais, em razão do dinheiro utilizado para a saúde, Taques garantiu que tem atuado intensamente para não deixar de honrar com os pagamentos do Estado. “Nós estamos trabalhando muito, mesmo com a frustração de receita, para que possamos saldar nossos compromissos com os servidores. Não vou jantar antes de almoçar”, declarou.

Ele destacou que o Estado não possui, em caixa, verba para pagar a dívida que possui com a saúde. “Temos débito de R$ 162 milhões com a saúde, mas não temos dinheiro para pagar. Não quero que alguém entenda que nosso governo tem dinheiro em caixa e não quer pagar a saúde”, justificou.

Para repassar os R$ 92 milhões que restam para sanar a pendência, Taques pretende recorrer ao Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) . “Retiramos de determinados valores, R$ 162 milhões, até dia 2 de junho, e já pagamos R$70 milhões até hoje. Portanto, R$ 162 milhões menos R$ 70 milhões é o que será pago até 2 de junho. Isso a curto prazo. A médio e a longo prazo, estamos discutindo com os prefeitos,com o auxílio da Assembleia Legislativa, estamos ouvindo com o setor produtivo para tratar sobre a questão do Fethab. O Estado não tem outra fonte de recurso, estamos buscando na fonte que existe”, comentou.

O Fethab arrecada cerca de R$ 700 milhões por ano, por meio de cobrança de alíquotas sobre produtores rurais. O fundo estadual é dividido entre obras de infraestrutura e transporte e Poderes Judiciário, Legislativo, Ministério Público e Tribunal de Contas. O valor restante é dividido igualmente entre o governo estadual e os municípios de Mato Grosso.

A proposta do governo é que os valores repassados pelo fundo estadual aos poderes e a outros setores sejam reduzidos, para que possa ser sanada a dívida com a saúde.

Há a denúncia da oposição na Assembleia, que o governo estava pagando a folha salarial com recursos do Fethab. A casa de leis aprovou um projeto para dar transparência nesses recursos e agora o governo terá que divulgar os números dessa arrecadação e onde está sendo gasto.

 

Redação com muvuca

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Saúde

COVID-19 – 14 mortes em MT nas últimas 24 horas; 73% das UTIs estão ocupadas

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (31.01), 217.020 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.129 óbitos em decorrência do coronavírus

Notícias

R$ 204 mil| Justiça manda Igreja Universal devolver a ex-fiel

Coação é toda ameaça ou pressão injusta exercida sobre um indivíduo para forçá-lo, contra a sua vontade, a praticar um ato ou realizar um negócio. O que a caracteriza é o

Mato Grosso 0 Comentários

SILVIO FAVARO PODE DISPUTAR O GOVERNO DO MT PELO PSL

O vice-prefeito de Lucas do Rio Verde, Silvio Antonio Favero de 51 anos que é Advogado, empresário e fazendeiro colocou seu nome a disposição como pré candidato a governador a

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta