Respiradores falsos – Ramos de Farias  terá habeas corpus julgado nesta quarta-feira

Respiradores falsos – Ramos de Farias terá habeas corpus julgado nesta quarta-feira

Preso por vender respiradores falsos à prefeitura de Rondonópolis (212 quilômetros de Cuiabá), o empresário Ramos de Faria e Silva Filho terá habeas corpus julgado nesta quarta-feira pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça. O relator do caso é o desembargador Pedro Sakamoto, que já negou pedido de liberdade dele em caráter liminar. Agora, será julgaado o mérito do habeas corpus.

Ramos de Farias está preso desde 1º de maio, após vender ventiladores pulmonares falsos para a prefeitura de Rondonópolis. Os equipamentos deveriam ser utilizados no combate à Covid-19. Segundo as investigações, a prefeitura comprou 22 respiradores pelo valor de R$ 4 milhões. Porém, quando as caixas foram abertas veio a surpresa: se tratavam de equipamentos falsos, que não servem para auxiliar pacientes contaminados com a Covid-19.

As investigações apontaram os responsáveis pela fraude. Além da prisão do empresário, foram bloqueados cerca de R$ 3 milhões de suas contas.

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Polícia

Adolescente usava arma para ameaçar familiares

Em Nova Guarita, a Polícia Militar apreendeu arma de fogo com um adolescente de 13 anos após ele ameaçar familiares, na noite de sexta-feira (26.06). O menor de idade ficou aos cuidados

Marretadas 0 Comentários

MUDANÇAS NO SECRETARIADO MUNICIPAL EM BREVE

  Uma mudança no quadro de secretários do prefeito de Rondonópolis Zé Carlos do Pátio, deve acontecer nos próximos dias. Uma adequação considerada normal tendo em vista que quando o

Destaques

Nova lei de trânsito: validade de 10 anos da CNH não será automática

O que irá mudar no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) com a entrada em vigor da Lei 14071/20 que altera várias regras de trânsito. As mudanças valerão a partir de 12 de