sábado, fevereiro 24, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    QUEM SERIAM OS DEPUTADOS DO CRIME ORGANIZADO EM MT; MP INVESTIGA DENÚNCIA

    A polêmica entrevista do deputado estadual Wilson Santos (PSD), ao site Repórter MT, onde em determinado momento o parlamentar denuncia que deputados estaduais estariam sendo financiados por organizações criminosas, está deixando a população ansiosa para conhecer os nomes dos referidos políticos.

    Diante da denúncia o MP/MT, instaurou Procedimento Preliminar de Investigação, através do Núcleo de Ações de Competência Originária (NACO), com objetivo de esclarecer o contexto da denúncia de que deputados estaduais teriam reivindicado à Secretaria de Estado de Segurança Pública a instalação de tomadas em celas de líderes do crime organizado em MT.

    Wilson Santos disse que na campanha de 2022, foi barrado em dois bairros de Cuiabá, (bairros João Bosco Pinheiro e 1º de março) por integrantes de facção criminosas, que já estavam “fechados” com outros candidatos.

    Ele levou o assunto ao conhecimento de Alexandre Bustamante que ocupava o comando da secretaria de Segurança Pública de MT, e segundo Wilson, Bustamante lhe disse que ele era o primeiro a pedir alguma providência contra o crime organizado.

    “Você é o primeiro que vem aqui para pedir providências. Seus outros dois ou três colegas que vieram aqui vieram me pedir pra reinstalar tomadas para que os líderes do crime organizado que estão presos possam recarregar a bateria dos seus celulares”

    O promotor Marcos Regenold Fernandes, coordenador do Naco, afirmou que embora não tenham sido identificados os agentes políticos supostamente envolvidos, as condutas aviadas se amoldam ao crime envolvendo organização criminosa disciplinado pelo art. 2 da Lei 12.850/2013.

    “É imperioso, neste momento, proceder diligências investigatórias preliminares visando esclarecer o contexto fático das informações ventiladas na mídia, assim como obter elementos mínimos que corroborem a existência, ou não, de infração penal, além da identificação dos agentes envolvidos, para que, só então, seja deliberado pela instauração de inquérito policial”.

    Diante disso, o governador Mauro Mendes (União) e o comandante da PM cobraram que Wilson Santos revele os nomes dos deputados que estariam envolvidos com o crime.  Mauro Mendes, classificou como “gravíssima” a denúncia.

    Redação com informações Repórter MT

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL