PROJETO DE LEI PREVÊ PROIBIÇÃO DO USO DE CELULARES EM SALA DE AULA EM TODO O BRASIL

PROJETO DE LEI PREVÊ PROIBIÇÃO DO USO DE CELULARES EM SALA DE AULA EM TODO O BRASIL

O uso de telefones celulares em sala de aula tem comprometido o aprendizado, a ordem e a hierarquia no ambiente escolar.

A escola, as famílias e os próprios alunos, percebem a impossibilidade de lidar com esses eletrônicos sem comprometer o ambiente de concentração necessário.

Alguém dirá, mas os celulares podem ser utilizados para fins pedagógicos como acesso a pesquisas na internet? O detalhe é que a linha é muito tênue entre utilizar o aparelho celular e tablets para pesquisas escolares e para uso particular bate papo, etc.

A tecnologia pode e deve fazer parte do processo de aprendizado, auxiliar professores e alunos, porém não é o que está ocorrendo quanto ao uso de aparelhos celulares. As distrações com facebook, whatsapp e jogos eletrônicos tem sido os maiores passatempos de jovens, não só em horários livres, mas também durante aulas.

Diante disso, o deputado federal professor Victório Galli (PSC/MT), elaborou um projeto de lei que está tramitando na câmara dos deputados em Brasília que pretende impedir que alunos das redes de ensino privada ou pública utilizem o aparelho celular em sala de aula.

Segundo Galli, o uso de celular e outros aparelhos eletrônicos similares atrapalham o aprendizado em sala de aula. “Além disso, tornará o aprendizado mais produtivo, mais dinâmico e acima de tudo mais respeitoso para com todos que desejam de fato aprender o conteúdo pedagógico em sala de aula”.

Para o deputado nada disso seria necessário se nosso sistema de ensino preservasse a hierarquia e a ordem em sala. “Além da quebra da hierarquia, estamos vivendo um período de destruição de valores familiares. E, isso está tornando o ambiente escolar num caos”, afirmou Galli.
O projeto de lei atende uma demanda dos estabelecimentos de ensino, uma vez que, terão uma norma ao seu lado para barrar esse tipo de situação.

A relação entre professor e aluno vem se degradando, e leis como essa fazem-se necessárias para retomar a autoridade do professor em sala de aula. Situações de confrontos e agressões vem se repetindo de norte a sul do país e criando dificuldade a comunidade escolar. Professores tem medo de aplicar a ordem e cobrar atenção de alunos. Um absurdo que se não pode cair na normalidade.

Marcelo Duarte

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques

BIOCÍDIO: ANIMAIS ENVENENADOS EM RONDONÓPOLIS

Uma crueldade com gatos e alguns cães está ocorrendo nos bairros jardim Iguaçu e são Sebastião em Rondonópolis. Segundo as denúncias que chegaram à redação do Marreta Urgente, moradores reclama

Notícias 0 Comentários

DEVEDOR DE PENSÃO ALIMENTÍCIA PODE SER NEGATIVADO!

Como é sabido por muitos, a inadimplência da pensão alimentícia pode resultar em prisão civil do(a) devedor(a) de alimentos, em regime fechado, podendo ser decretada de 1 a 3 meses.

Destaques

Justiça autoriza recuperação judicial de grupo que construiu 2 shoppings em MT

A Justiça de Mato Grosso autorizou o processamento do pedido de recuperação judicial protocolado pelo Grupo Farol, que é composto por por oito empresas, sendo seis voltadas para a construção

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta