quarta-feira, junho 19, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    ‘Princesinha Macabra’ ficou calada em interrogatório

    Nithiely Catarina Day Souza, 19 anos, conhecida como “Princesinha Macabra”, presa na tarde de quarta-feira (02), após ser acusada de participar da execução de Gediano Silva, conhecido como Gegê, de 19 anos, é apontada como uma das disciplinas da facção criminosa Comando Vermelho (CV-MT), em Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá). 

    No interrogatório feito pelo delegado da Polícia Civil, Marcello Henrique Maidame, ela se recusou a comentar sobre o crime.

    Gediano foi morto na noite do último dia 25, em uma região de mata próximo ao Rio Piranhas. Toda ação criminosa foi filmada pela acusada. 

    A execução chocou a cidade pela brutalidade, tendo em vista que a vítima teve a cabeça arrancada.

    A morte de Gediano foi decretada pela facção, após ele ter sido acusado de comprar drogas com outra organização criminosa.

    Em entrevista ao RepórterMT, Maidame contou que Nithiely é uma das disciplinas do CV na cidade e que apesar de ter permanecido calada no interrogatório, a participação dela consta no vídeo feito pela mesma no momento da execução.

    “Acabei de interrogá-la, ela já está com seus advogados e se reservou ao direito constitucional de ficar calada. Por aquele vídeo é possível identificar que ela participou da execução. Nós já tínhamos também outras informações colhidas nas investigações que levavam até ela”, explicou.

    “Segundo os meus investigadores ela faz parte da hierarquia chamada disciplina, a que cobra dos membros da organização, que descumprem as normas da facção”, completou.

    Até o momento, duas pessoas já foram presas por envolvimento no homicídio. 

    A informação é que outros três faccionados estão sendo procurados por envolvimento na morte do jovem.

    “Já temos um elemento preso, que foi o responsável por fornecer o veículo que conduziu o Gediano até a mata onde ele foi morto e também usado no transporte da cabeça, jogada na via pública. Já temos a identificação dos outros autores desse crime bárbaro e tão logo iremos capturá-los”, disse.

    Leia mais

    Zombou da polícia, mas foi presa

    Horas antes de ser capturada, Nithiely usou seu perfil fake no Instagram para afrontar as Forças de Segurança de Mato Grosso dizendo que não estava preocupada em ser presa.

    Na postagem, ela responde a um seguidor que a questionou se ela estava com medo. 

    “Tá com rabo entre as pernas, com medo de ser presa”. 

    Pouco depois ela respondeu: “Olha a minha preocupação”.

    Princesinha Macabra foi achada dentro de uma casa na periferia da cidade de Lucas. 

    Ela estava na companhia de outros dois homens, que também foram encaminhados até a delegacia.

    Com o trio, a polícia apreendeu várias porções de drogas. Com isso, além de responder pela morte de Gediano, a jovem foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

    “Ela ainda está aqui na delegacia, estamos lavrando um auto de prisão em flagrante pelo tráfico de drogas e também o cumprimento do mandado pela morte do Gediano”, declarou o delegado.

    Redação com Reporter MT

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL