Santa Casa recusou proposta da Prefeitura para credenciar leitos de UTI em Rondonópolis

Santa Casa recusou proposta da Prefeitura para credenciar leitos de UTI em Rondonópolis

Em uma reunião no dia (15) com representantes do comércio, realizada antes da reunião do Comitê de Gestão de Crise, uma proposta realizada pelo prefeito José Carlos do Pátio (SD), chamou a atenção.

Naquele momento, Pátio teria solicitado que gostaria de credenciar alguns leitos de UTI e dessa forma propôs utilizar novos leitos de UTIs da Santa Casa. Segundo as informações a proposta seria pagar uma diária de R$2 mil para a instituição, e além disso antecipar cerca de 2 meses os valores.

As diárias pagas pelo governo federal são de aproximadamente R$ 1.600 e pelo governo do Estado de MT, míseros R$ 144.

Um entrave jurídico teria sido apresentado como empecilho, para a realização do projeto da prefeitura com a Santa Casa. No entanto uma promotora que estava presente na reunião, teria se comprometido a estudar o caso e resolver as situações pendentes, para que a proposta pudesse ser colocada em prática.

No entanto houve negativa por parte da direção da Santa Casa e a proposta não prosperou. A cidade está em curva ascendente de casos e soma mais de 30 mortes por Corona vírus.

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Marretadas 0 Comentários

BLACK FRIDAY NA POLÍTICA: QUEM QUER O DEPUTADO DALTINHO?

O deputado estadual Adalto de Freitas, mais conhecido como Daltinho, que depois de ser expulso, ou melhor, convidado a se retirar do Solidariedade em Mato Grosso, anda peregrinando e buscando

Notícias

CARTÃO DE VACINAÇÃO: LEI QUE DERRUBA DECRETO, SERÁ APRESENTADA POR 7 VEREADORES

Os representantes da Frente Parlamentar pela Vida e membros da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores ouviram na manhã desta terça feira (31) diversas lideranças de entidades e representantes

Notícias 0 Comentários

O golpe da Lista Telefônica chega em Rondonópolis mais uma vez

O ‘conto do vigário’ que afetou muitos empresários há pouco mais de dois anos, volta a rondar as empresas de Rondonópolis. No final de janeiro uma funcionária da Refrauto Auto