segunda-feira, fevereiro 26, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Prefeito em MT é internado com dengue e faz alerta à população após aumento de casos da doença

    O prefeito de Campo Verde, a 139 km de Cuiabá, Alexandre Lopes, foi internado no dia 28 de janeiro, após pegar dengue. Nas redes sociais, ele fez um alerta à população sobre a necessidade da prevenção da doença. “Temos que cuidar muito dos nossos lares para não ficarmos expostos com esse problema”.

    De acordo com Alexandre, nos dias 25, 26 e 27 ele passou mal, com febre e dores no corpo e, em seguida, foi internado, ficando dois dias no hospital.

    “Fui em um casamento em Cuiabá, chegando lá comecei a passar mal, imediatamente voltei para Campo Verde, recebi todo o tratamento. Agora já recebi alta, estou em casa, graças a Deus. Estou recuperado”, disse.

    Conforme levantamento da secretaria de saúde, só em janeiro, o município registrou 281 casos prováveis da doença.

    A Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), informou que 671 casos foram notificados, em janeiro, sendo 549 tido como prováveis e 254 confirmados. Além da dengue, foram confirmados sete casos de chikungunya, outra doença epidêmica que é transmitida pelos mesmos mosquitos vetores da dengue.

    Vacinação
    Mato Grosso ficou de fora da lista dos estados que receberão doses da vacina contra a dengue, conforme anúncio feito pelo Ministério da Saúde no dia 25 de janeiro.

    Segundo o Ministério da Saúde, não há doses o suficiente para todos os estados, por isso, foram definidos critérios de priorização para a escolha dos municípios.

    As doses vão ser entregues por ordem de prioridade — onde há casos mais graves e em maior volume — e em etapas. Ou seja, a imunização não começa de maneira uniforme. Até o momento, não há previsão de entrega de doses em Mato Grosso.

    A maioria dos casos registrados em Mato Grosso são do tipo 1, segundo a SES.

    Veja critérios:

    • O Ministério da Saúde definiu como prioridade a vacinação de pessoas de 10 a 14 anos por estarem entre o público com maior número de internações pela doença.
    • Foram incluídos os municípios de grande porte — que são aqueles com mais de 100 mil habitantes — e com classificação de alta transmissão de dengue do tipo 2.
    • Além disso, as cidades próximas a esses locais também foram incluídas no que o governo chama de “regiões de saúde”.
    • A maioria dos casos registrados em Mato Grosso são do tipo 1, segundo a Secretaria de Saúde.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL