População deve seguir decreto estadual, diz prefeitura de Rondonópolis

População deve seguir decreto estadual, diz prefeitura de Rondonópolis

Tendo em vista a existência de dois decretos – Municipal e Estadual – com medidas restritivas para o combate da pandemia de coronavírus, a Procuradoria Geral do Município explica que devem ser seguidas as medidas mais restritivas constantes nos decretos. A Procuradoria ressalta que o decreto do estado deve ter aplicação imediata não havendo a necessidade de que a Prefeitura de Rondonópolis faça novas regulamentações.

Conforme o entendimento jurídico, devem ser seguidas as normas do decreto estadual quanto ao horário de funcionamento das atividades comerciais: ficam proibidas todas as atividades econômicas das 19h às 5h. Aos sábados e domingos a proibição será após o meio-dia. A exceção fica por conta das farmácias, serviços de saúde, funerárias, postos de gasolina (exceto conveniências), indústrias, transporte de alimentos e grãos, e serviços de manutenção de atividades essenciais, como água, energia e telefone.

Também deve ser respeitado o toque de recolher estabelecido pelo Governo do Estado das 21h às 5h. Neste horário, fica proibida a circulação de pessoas, incluindo multa a quem desrespeitar a medida, bem como denúncia à Polícia Civil e Ministério Público.

O decreto do estado, que também deverá ser seguido neste quesito, libera o sistema de delivery até as 23 horas e não altera o funcionamento do sistema de transporte, ficando liberado inclusive o transporte por aplicativos. Eventos podem ocorrer dentro do horário permitido, respeitado o limite 30% da capacidade do local, e número máximo de 50 pessoas.

Contudo, quanto as medidas que tratam da ocupação dos estabelecimentos, deve ser seguido o decreto do município, pois esse contém restrição maior. O Decreto Municipal 9.938 de 25 de fevereiro de 2021, ainda em vigor, determina que os estabelecimentos comerciais permitam a ocupação de até 30% da capacidade máxima dos locais.

Em Rondonópolis, o decreto municipal em vigor tem validade até 8 de março. A partir desse prazo, as medidas restritivas constantes no decreto estadual devem ser seguidas integralmente.

Redação com Gcom

Sobre o Autor

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS

Novo decreto estabelece medidas e ações para evitar proliferação do coronavírus em Rondonópolis

A Prefeitura de Rondonópolis através do decreto nº 9.480 de 16 de abril de 2020, levando em consideração os aconselhamentos do Comitê de Gestão de Crise na última reunião realizada

Destaques

Emprego cresce na indústria pelo 7º mês seguido, mostra CNI

A Sondagem Industrial, pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostra que o índice de evolução do número de empregados ficou em 51,3 pontos em janeiro de 2021. Foi a

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

FESTA DA INDEPENDÊNCIA programação com mais de sete mil pessoas se apresentando em Rondonópolis

As celebrações pelos 197 anos da Independência do Brasil em Rondonópolis acontecem na manhã deste sábado (07), com a realização do tradicional Desfile Cívico Militar, a partir das 7 horas da