Planos de saúde vão cobrir exames para detecção do novo coronavírus

Planos de saúde vão cobrir exames para detecção do novo coronavírus

Os planos de saúde estão obrigados, desde sexta feira (14), a cobrir exames para detecção do novo coronavírus (SARS-CoV-2), que provoca a covid-19. A decisão, tomada ontem pela diretoria colegiada da Agência Nacional de Saúde Suplementar, prevê a cobertura para a pesquisa de anticorpos IgC ou anticorpos totais e foi publicada hoje no Diário Oficial da União.

Os exames poderão ser feitos nos pacientes com síndrome gripal ou síndrome respiratória aguda grave (SRAG) a partir do oitavo dia do início dos sintomas e também para crianças ou adolescentes com quadro suspeito de síndrome multissistêmica inflamatória pós-infecção pelo novo coronavírus.

Os planos de saúde, no entanto, não estão obrigados a cobrir os testes nos seguintes casos: RT-PCR prévio positivo para Sars-Cov-2; pacientes que já tenham realizado o teste sorológico, com resultado positivo; pacientes que tenham realizado o teste sorológico, com resultado negativo, há menos de uma semana; para testes rápidos; pacientes cuja prescrição tem finalidade de screening, retorno ao trabalho, pré-operatório, controle de cura ou contato próximo/domiciliar com caso confirmado; e para verificação de imunidade pós vacinal.

Agência Brasil

Talvez você também goste

Notícias

CONSERVADORES PRÓ BOLSONARO FORMAM ALIANÇA COM PRTB PARA ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Uma reunião na manhã desta terça-feira (31) selou a aliança entre conservadores, apoiadores de Bolsonaro e o PRTB em relação ao caminho a ser trilhado para as eleições municipais de

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

ÁUDIO LEVANTA SUSPEITA SOBRE EVENTO DE CARNAVAL E FESTRILHA EM RONDONÓPOLIS

O carnaval de Rondonópolis “RONDONFOLIA”, já terminou há quase três meses, no entanto continua gerando problemas para à Prefeitura municipal. Alegação de que bandas não receberam os valores combinados, tem

Brasil

Deputado estadual sugere redução salarial de 30% dos parlamentares de MT

O deputado estadual Silvio Fávero apresentou um Projeto de Resolução no qual sugere a redução de 30% dos salários dos parlamentares da 19ª Legislatura