domingo, fevereiro 25, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Piloto morre, aos 45 anos, após acidente no Rali Dakar

    O piloto de motocicleta catalão Carles Falcón morreu, nesta segunda-feira (15), em consequência dos ferimentos sofridos no dia 7 de janeiro. Ele sofreu um grave acidente durante a segunda etapa do Rali Dakar, queda pela qual teve de ser reanimado pelos serviços médicos da prova.

    Em comunicado, divulgado nesta segunda-feira, a TwinTrain Racing Team explicou que o dano neurológico causado pela parada cardiorrespiratória no momento do acidente foi “irreversível”, depois que o piloto sofreu edema cerebral e fraturou a vértebra C2 na queda, além de fraturar cinco costelas, a mão esquerda e a clavícula.

    Após o acidente sofrido na etapa entre Al Henakiyah e Al Duwadimi, que obrigou o piloto a ser internado em um hospital em Riad, Carles foi repatriado para a Espanha na última sexta-feira (12) em um avião médico e estava em estado crítico na UTI desde então.

    A TwinTrain Racing Team destacou no texto que “Carles era uma pessoa sorridente, sempre ativa e que gostava apaixonadamente de tudo o que fazia, especialmente motocicletas”, acrescentando que morreu “fazendo algo que era seu sonho, correr o Dakar” e que “ele estava gostando” porque “estava feliz na moto”.

    – Devemos nos lembrar dele por seu sorriso e pela felicidade que ele gerava em todos – disse o comunicado.

    O texto também destacou que, apesar de ser engenheiro de computação por formação, o piloto era instrutor de motocicleta e guia turístico de moto “por paixão”.

    No comunicado há um pedido para “que seja mantida a privacidade das cerimônias de despedida a serem realizadas nos próximos dias”.

    Antes de seu retorno à Espanha, Falcón ficou em coma induzido no hospital de Riad desde a manhã da última segunda (8) até a última sexta-feira (12). Os serviços médicos autorizaram a sua transferência para a Espanha na última quarta (10).

    Falcón, da categoria Original by Motul, caiu no km 448 da especial da segunda etapa e, alertados por um piloto que seguia o motociclista, os organizadores enviaram um helicóptero, cujo serviço médico atendeu o motociclista, que ficou gravemente ferido após cair com a cabeça no chão.

    *EFE

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL