Pessoas torturadas na Venezuela afirmam que torturadores eram cubanos

Pessoas torturadas na Venezuela afirmam que torturadores eram cubanos

A ONG Instituto CASLA denunciou nesta terça-feira (27), que onze vítimas de tortura na Venezuela relataram ter sido torturadas por pessoas com “sotaque cubano”, segundo um relatório apresentado em Washington que compilou 106 casos de tortura física e psicológica em 2018.

“Este ano, pela primeira vez, compilamos 11 casos em que as testemunhas nos contaram que pessoas cubanas, com sotaque cubano, os estavam torturando”, disse Tamara Suju, diretora executiva do Instituto CASLA, em uma entrevista coletiva acompanhada pelo secretário geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro.

Suju indicou que neste ano 106 casos de tortura foram coletados e que entre 2014 e 2018 eles receberam 536 denúncias de abuso físico e psicológico na Venezuela.

“Estou apresentando hoje um relatório sobre padrões, sobre quais foram os padrões de tortura em 2018, quem foram as vítimas e quais foram os métodos”, disse o especialista.

Suju indicou que toda a documentação dos casos já foi enviada ao Tribunal Penal Internacional (TPI), que em setembro recebeu uma carta de Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Paraguai e Peru pedindo que investigasse os crimes contra a humanidade que estão sendo cometidos pela ditadura socialista de Nicolás Maduro.

Fonte: ONG Instituto CASLA, Jornal Brasil

Sobre o Autor

Talvez você também goste

JUSTIÇA

Liminar do TRF4 determina que Detrans de todo o país voltem a emitir CRLV físico

A desembargadora federal Marga Inge Barth Tessler, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), proferiu na última semana (1º/2) decisão liminar suspendendo os efeitos dos artigos 8º e 9º

Mato Grosso 0 Comentários

JACIARA: MORADORES TAPAM BURACOS E CORTAM GRAMA, POR CONTA PRÓPRIA

Cansados de esperar, moradores de Jaciara-MT (127 Km de Cuiabá) resolveram arregaçar as mangas e tapar os buracos nas vias da cidade por conta própria. Em vídeos que circulam nas

Destaques

1°Caso confirmado de Corona Vírus em Rondonópolis

Confirmado o 1°caso de coronavírus em Rondonópolis. na noite desta segunda-feira (16), o medico infectologista Juliano Munaretto,  e a secretaria saude Izalba Alburquerque que uma paciente em isolamento no hospital .

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta