Pesca Criminosa: Sem fiscalização da SEMA/MT em Itiquira  (VIDEO)

Pesca Criminosa: Sem fiscalização da SEMA/MT em Itiquira (VIDEO)

Circula em redes sociais um vídeo que demostra toda incapacidade de fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) e demais órgãos responsáveis para combater a pesca no período da piracema em Mato Grosso.

O período de quatro meses de defeso da piracema teve início em 1º de outubro e vai até 31 de janeiro de 2022, e fica proibida a pesca tanto amadora como profissional nos rios de Mato Grosso.

O objetivo é garantir a proteção do período reprodutivo dos peixes das Bacias Hidrográficas do Paraguai, Amazonas e Araguaia – Tocantins que banham o Estado.

Conforme vídeo gravado próximo as corredeiras do Rio Itiquira, no município de itiquira _MT, a regra totalmente desrespeitada e sem qualquer fiscalização faz com que os peixes se tornem alvo fácil de pescadores irresponsáveis e descumpridores da lei.

Dessa forma a natureza acaba sendo vítima da falta de fiscalização e da audácia de pessoas inescrupulosas e criminosos.

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias

Semana do aniversário de Rondonópolis -Homenagem a personalidades nesta segunda-feira (06)

O deputado Thiago Silva, irá realizar nesta segunda-feira (06) às 19h uma “Sessão Solene Especial” na Câmara Municipal para homenagear personalidades que tem contribuído com o progresso de Rondonópolis e

Política 0 Comentários

PEC da Bengala pode cair

Dias Toffoli, atual presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou ontem (19) que a côrte atuará como “zagueiro” para defender a Constituição. Entre as perguntas respondidas de interesse público estava

Saúde

Após cobrança de Claudinei, prefeitura faz repasse à Santa Casa de Rondonópolis e continua com débitos em atraso

A Prefeitura de Rondonópolis realizou, nesta sexta-feira (5), o repasse de R$ 4,2 milhões referentes aos serviços prestados pela Santa Casa de Misericórdia e Maternidade de Rondonópolis. O deputado estadual