quarta-feira, junho 19, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Papa Francisco reconhece segundo milagre de beato Carlo Acutis

    O Papa Francisco reconhece um segundo milagre atribuído ao jovem Beato Carlo Acutis, de 15 anos, registrado em Campo Grande, em 2010. Com equipamentos de última geração, Carlo fazia evangelização na internet e faleceu no dia 12 de outubro de 2006.

    A igreja Católica atribuiu a ele nesta quinta-feira (23), o milagre de curar uma jovem da Costa Rica, após um acidente. Ele já tinha um outro milagre reconhecido a cura de uma criança em Campo Grande.

    Neste milagre, um avô desesperado com o neto doente o levou na capela Nossa Senhora Aparecida e, ao tocar na roupa contendo o sangue de Carlo, ele teria sido curado.

    O decreto de reconhecimento foi publicado nesta quinta-feira (23), pelo Vaticano, seguindo o protocolo usual em casos como esse.

    A Paróquia São Sebastião em Campo Grande emitiu um comunicado após o anúncio do Vaticano.

    “O Papa Francisco recebeu em audiência na manhã desta quinta-feira, 23 de maio, o prefeito do Dicastério das Causas dos Santos, Card. Marcello Semeraro. O Pontífice autorizou a publicação de alguns decretos, entre quais consta o reconhecimento do milagre atribuído à intercessão do Beato Carlo Acutis. A sua festa, portanto, é celebrada no mesmo dia de Nossa Senhora Aparecida. Aliás, são muitos os fatos na vida de Carlo que o ligam ao Brasil, a começar pelo milagre com o qual foi beatificado que ocorreu em nossa paróquia! Viva Carlo Acutis !” Diz o comunicado.

    O primeiro milagre

    Depois de sua morte, o padre Marcelo Tenório, da Paróquia São Sebastião, em Campo Grande, passou a realizar a missa anual de Nossa Senhora Aparecida sempre com a exposição de uma roupa que teria sangue do italiano.

    Em uma dessas missas, no ano de 2010, um avô desesperado com o diagnóstico do neto doente o levou até a paróquia. Segundo a família, o garoto foi curado após tocar a vestimenta.

    “A criança, me lembro bem, estava raquítica e tinha problemas de pâncreas anular. Ela não comia nada, não ingeria nem sólido nem líquido e teve a cura logo depois”, afirmou o padre Marcelo Tenório, em entrevista ao g1, quando o Vaticano reconheceu o milagre realizado por Carlo Acutis.

    Santificação

    Após o reconhecimento do segundo milagre, é esperado que Carlo possa ser santificado pela Igreja Católica.

    • O primeiro processo é o das virtudes ou martírio. Nessa etapa é investigada minuciosamente a vida do Servo de Deus, para verificar a fundo a vivência das virtudes. Já no caso de um mártir, devem ser estudadas as circunstâncias que envolveram sua morte, para comprovar se houve realmente o martírio. Ao término desse processo, a pessoa é considerada venerável.
    • O segundo processo é o milagre da beatificação; justamente o que aconteceu com Carlos Acutis nesta quinta-feira. Para se tornar beato, é necessário comprovar um milagre ocorrido por sua intercessão. No caso dos mártires, não é necessário milagre.
    • O terceiro e último processo é o milagre para a canonização, que precisa ter ocorrido após a beatificação. Quando o milagre é comprovado, o beato é canonizado. Não são aceitos milagres sem a comprovação de peritos e cientistas, alguns deles não católicos e sem religião.

    Beatificado

    Carlo Acutis foi beatificado em 2020 pelo Papa Francisco e é conhecido como o “primeiro beato de calça jeans e tênis”, conforme o Vatican News.

    Seu corpo está exposto no Santuário do Despojamento em Assis, na Itália, e está em bom estado de conservação. O Vaticano mencionou que os restos mortais do beato foram “recompostos”, sem detalhar o processo.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL