quarta-feira, maio 22, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Pais são presos por amarrar pênis de menino para evitar xixi na cama

    A equipe da Polícia Civil de Apiacás, localizado a 487 quilômetros de Sinop, no Mato Grosso, prendeu em flagrante, na segunda-feira (23/4), o padrasto e a mãe de uma criança de 7 anos que foi torturada como forma de castigo porque fez xixi na cama. A denúncia foi registrada pelo Conselho Tutelar de Apiacás, informando que a criança deu entrada no hospital municipal com ferimentos na área genital.

    O garoto, que teve o órgão genital amarrado com um barbante, foi levado ao hospital pela mãe, de 25 anos. Em razão da gravidade do ferimento, a criança foi transferida para um hospital em Alta Floresta. Conforme relatos dos médicos, o órgão genital já estava necrosando e a criança corre o risco de sofrer uma amputação.

    A criança relatou que o padrasto amarrou o órgão genital com um barbante, durante três dias, após o menino fazer xixi na cama. E teria feito como forma de aplicar castigo, com o conhecimento da própria mãe.

    Durante as diligências para esclarecer o crime, a equipe policial foi à casa da avó da criança e informada que a vítima foi acompanhada para o hospital em Alta Floresta pelo padrasto e que a mãe não a acompanhou porque tinha ‘problemas particulares’ para resolver.

    Diante da gravidade dos fatos, a mãe da criança foi detida em flagrante e encaminhada à delegacia. O suspeito, de 43 anos, que é pastor de uma igreja evangélica de Apiacás, também foi preso em Alta Floresta.

    A delegada Paula Meira Barbosa explica que ambos responderão pelo crime de tortura mediante castigo, cuja pena pode ir de dois a oito anos de condenação.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    ALMT|VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

    FESTA DAS NAÇÕES 2024

    BRASIL