quarta-feira, maio 22, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Operação revela destilaria de cachaça artesanal em Penitenciária de MT

    Policiais civis encontraram uma ‘fábrica’ de cachaça artesanal dentro de uma cela no maior presídio de Mato Grosso, a Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá. A descoberta ocorreu durante a Operação Alcatraz, deflagrada nessa terça-feira (23). No local, foram encontradas diversas garrafas organizadas para a fabricação do produto.

    De acordo com o delegado Marlon Nogueira, da 1ª delegacia de Cáceres, que comandou a ação com apoio da Polícia Penal e Grupo de Intervenção Rápida, os presos fabricavam um tipo de cachaça, conhecida como “choca”.

    “Eles pegavam os restos de comida e de pão para fazer a fermentação, que era misturada com água. A bebida de teor alcoólico era distribuída entre os presos do raio 2”, explicou.
    Além da ‘fábrica’, os policiais apreenderam 13 celulares e 44 porções de maconha.

    No local, já haviam quatro litros da bebida prontos e outros dois sacos de lixo, onde era feita a fermentação da cachaça.

    No espaço, estavam armazenadas muitas garrafas com água que, segundo investigação da polícia, seriam usadas para a fabricação de mais bebida. Cerca de 12 presos ocupavam o mesmo espaço em que a destilaria clandestina funcionava.

    O delegado explicou ainda que os materiais foram retirados do local e encaminhados para destruição. Os presos que ocupam a cela, podem sofrer medidas administrativas penais.

    Operação Alcatraz

    A Operação Alcatraz foi deflagrada para cumprimento de seis mandados de busca e apreensão na Penitenciária Central do Estado, tendo como alvos lideranças de uma facção criminosa.

    Os investigados, que atualmente cumprem pena na penitenciária, são apontados como lideranças e autores intelectuais de diversos crimes como homicídios, além de fomentarem uma disputa pelo domínio do tráfico de drogas na cidade de Cáceres.

    Segundo a polícia, entre os crimes ordenados pelos investigados, estão a morte de pessoas e atentados à bomba em um comércio de Cáceres. O objetivo da operação era de localizar aparelhos celulares, drogas, eletrônicos e outros objetos que possam ter ligação com os crimes praticados.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    ALMT|VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

    FESTA DAS NAÇÕES 2024

    BRASIL