segunda-feira, março 4, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    ‘Musa do crime’ tem prisão mantida em audiência de custódia em MT

    A Justiça de Mato Grosso decidiu manter a prisão da jovem de 24 anos conhecida como “Musa do crime” pela Polícia Militar, Ingridy Polliana Santos Pereira, na tarde de terça-feira (2). A jovem vai continuar presa em cumprimento ao mandado de prisão expedido pela comarca de Nobres, a 151 km de Cuiabá.

    Na noite de segunda-feira (1°), Ingridy foi presa durante uma tentativa de furto a carros no estacionamento do Parque das Águas, em Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Ingridy estava na companhia de um homem. Os dois foram denunciados por populares por tentativa de furto a veículos no Bairro Consil, na capital.

    Durante patrulhamento, os militares flagraram o comparsa de Ingridy na porta de uma camionete tentando furtar o veículo com uma chave de fenda. Segundo a PM, ao ver a viatura, o suspeito tentou fugir, mas foi abordado na porta do carro onde estava Ingridy.

    O homem que foi preso junto com ela, Leandro Pereira de Souza teve a prisão em flagrante convertida em preventiva, pela justiça.

    Ingridy e Islayne Raysa Santos Pereira Ferreira foram alvos da operação ‘Turismo Seguro’, deflagrada em novembro deste ano, por suspeita de se passarem por turistas, em Nobres, para furtar viajantes que passavam pela cidade turística. Elas estavam foragidas.

    Na época, uma pessoa suspeita de integrarem a associação criminosa envolvida em furtos foi presa. Também foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão domiciliar.

    Segundo a Polícia Civil, um dos crimes da organização foi registrado no dia 3 de outubro de 2023, no distrito de Bom Jardim, em Nobres, quando os suspeitos arrombaram veículos estacionados de vítimas que faziam um passeio turístico na região. No ato, eles furtaram joias, celulares, documentos e eletrônicos.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL