MP quer retirar as igrejas da lista de “serviços essenciais” em SP

MP quer retirar as igrejas da lista de “serviços essenciais” em SP

Integrantes do Ministério Público de São Paulo participam nesta segunda-feira (8) de reunião com representantes do governo paulista e líderes religiosos para discutirem o decreto do governador João Doria (PSDB) que enquadra as igrejas como atividades essenciais e, assim, permitem seu funcionamento mesmo em fases de restrição mais severas do Plano São Paulo, como a atual.

De acordo com a Promotoria, a reunião virtual será presidida pelo procurador-geral de Justiça, Mario Sarrubbo, com participação de membros do gabinete de crise de Covid-19 do próprio Ministério Público, integrantes do Comitê de Contingência do governo paulista e, também, líderes religiosos para examinarem, juntos, o decreto que permite as igrejas de funcionem mesmo diante do agravamento da crise.

Cenário mais provável, segundo pessoas ligadas a Sarrubbo, é que dessa reunião saia uma recomendação do Ministério Público, destinada ao governador João Doria (PSDB), orientando para que ele retire as igrejas dentre as atividades essenciais, assim como ocorria antes.

Neste final de semana, teve início a fase vermelha do Plano São Paulo. As ruas de bairros boêmios como Vila Madalena e região da Augusta, na zona oeste, ficaram praticamente desertas –já que boates, bares e restaurantes só podem funcionar para entrega de comida. Já as igrejas abriram suas portas e, algumas delas, ficaram cheias.

A inclusão de igrejas entre os serviços essenciais pelo governador João Doria contrariou médicos que compõe do comitê de combate ao coronavírus, doença que já matou mais de 61.463 pessoas no estado de São Paulo e, 264.446 em todo o país.

Redação com Folha

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques

Thiago Silva tem indicação atendida pelo Estado para criação de mais 20 leitos covid para região de Rondonópolis

O Governador Mauro Mendes anunciou na coletiva da imprensa desta quinta-feira (10), o atendimento a indicação do deputado estadual Thiago Silva para criação de 20 novas UTI’s para o Hospital

Política 0 Comentários

EMERSON ANTONIOLLI É PRÉ- CANDIDATO A PREFEITURA DE SINOP

O empresário Emerson Antoniolli do PSL é um dos pré-candidatos à Prefeitura de Sinop. “Gostaria que fosse (Felipe Guerra), mas diante do seu recuo, conversando com as lideranças de Sinop,

Destaques 0 Comentários

TSE IMPEDIRÁ LULA DE APARECER EM PROPAGANDA DE TV

Não estava previsto na agenda. Mas o TSE marcou para amanhã uma sessão extraordinária: deverá decidir se o ex-presidente Lula poderá aparecer como candidato do PT na propaganda gratuita de