Geraldo Magela/Agência Senado MINISTRO DA EDUCAÇÃO VAI AO SENADO

MINISTRO DA EDUCAÇÃO VAI AO SENADO

Sob o impacto do corte orçamentário de verbas não obrigatórias de universidades e escolas federais, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, participou ontem de audiência no Senado.

Ele insistiu que a retenção de verba é um contingenciamento que pode ser suspenso caso a economia se recupere, mas criticou as universidades, indagando se não podiam “cortar nada” em suas despesas.

A declaração do ministro de que os cortes poderiam ser revistos com a aprovação da reforma da Previdência irritou alguns senadores de oposição como Renan Calheiros, que chegou a comparar o corte de verbas com a queima de livros feita pelo nazismo. Para eles, isso foi uma tentativa de chantagear o Parlamento.  Por falar em chantagem tem gente no senado especialista no assunto.

Redação com Meio

Sobre o Autor

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS

Eleições: Movimento SOS defende continuidade e transparência na Santa Casa de Rondonópolis

Nesta segunda feira (20) a partir das 15h, estão programadas as eleições para Conselho Diretor e Fiscal da Santa Casa de Misericórdia de Rondonópolis. E duas chapas concorrem no pleito,

Polícia

PF prende duas pessoas e fecha laboratório que produziu quase R$ 2 milhões em notas falsas

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (29), operação que tem como alvo um laboratório gráfico que falsificava notas de real em Três Coroas, no Vale do Paranhana. Duas

Destaques 0 Comentários

CARRO PEGA FOGO EM RONDONÓPOLIS

Um veículo, pegou fogo na noite desta sexta-feira na rotatória da Av. Júlio campos com Avenida dos estudantes e o anel Viário no bairro Sagrada Família na cidade de Rondonópolis-

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta