Máscara caseira deve ter  três camadas de diferentes materiais é a recomendação da OMS

Máscara caseira deve ter três camadas de diferentes materiais é a recomendação da OMS

“Orientação da Organização Mundial da Saúde prevê três camadas, feitas de materiais diferentes, para menor disseminação| Foto: Bigstock
Ouça este conteúdo
A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou na última sexta-feira (5) diretrizes atualizadas para o uso de máscaras não médicas, que podem ser feitas em casa, segundo a própria entidade. “Baseando-se em nova pesquisa, a OMS recomenda que as máscaras fabricadas devem consistir de ao menos três camadas, de diferentes materiais”, afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, durante entrevista coletiva.

A OMS diz que elas devem ser usadas em locais com muita transmissão da Covid-19 e dificuldades para o distanciamento físico, sobretudo por pessoas com mais de 60 anos ou doenças pré-existentes. Segundo as diretrizes recém-divulgadas, as máscaras devem ter:”

No entanto, o chefe da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, advertiu contra confiar demais nas máscaras, enfatizando que elas são apenas parte de uma estratégia mais abrangente para derrotar a doença.

“Não posso dizer isso mais claramente: máscaras por si só não o protegerão da COVID-19”, disse ele a jornalistas.

“As máscaras não substituem o distanciamento físico, a higiene das mãos e outras medidas de saúde pública.”

“As máscaras devem ainda necessariamente cobrir o nariz, a boca e o queixo. É preciso colocá-la com as mãos limpas e evitar tocá-las durante o uso. Caso toque nelas, o usuário deve limpar novamente as mãos, recomenda a OMS.

Após o uso, o recomendado é retirar a máscara a partir das faixas laterais nas orelhas, sem tocar o centro dela, e de qualquer modo é preciso lavar novamente as mãos depois desse procedimento.

Leia mais em: https://www.semprefamilia.com.br/saude/oms-recomenda-tres-camadas-em-mascaras-caseiras/?utm_source=salesforce&utm_medium=emkt&utm_campaign=newsletter-bom-dia&utm_content=bom-dia
Copyright © 2020, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

Três camadas de proteção

A OMS emitiu as orientações atualizadas após uma análise das evidências disponíveis e ampla consulta com especialistas internacionais e grupos da sociedade civil.

Ele contém novas informações sobre a composição de máscaras de tecido e outros revestimentos faciais, com base em pesquisas encomendadas pela agência da ONU.

As máscaras podem ser compradas ou caseiras e devem ter três camadas: idealmente um forro de algodão, uma camada externa de poliéster e um “filtro” médio feito de polipropileno ou algum outro material não tecido.

“Com essas três camadas, e nessa combinação, esse tecido pode realmente fornecer uma barreira mecanicista de que, se alguém foi infectado com COVID-19, poderia impedir que essas gotículas passassem e infectassem outra pessoa”, disse Maria van Kerkhove, epidemiologista da OMS.

Fique em casa

A OMS continua recomendando que qualquer pessoa com sintomas de COVID-19 fique em casa e procure ajuda médica.

As pessoas que cuidam delas devem usar uma máscara médica quando estiverem no mesmo cômodo.

“Se for absolutamente necessário que uma pessoa doente ou um contato saia de casa, devem usar uma máscara médica”, disse Tedros.

Enquanto isso, os pacientes confirmados com COVID-19 ainda devem ser isolados e tratados em um ambiente de saúde, enquanto todos os seus contatos devem ficar em quarentena.

Clique aqui para acessar as orientações atualizadas da OMS (em inglês).


Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias

Contran proíbe radares ocultos e restringe uso de lombadas eletrônicas

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) definiu regras para a instalação de radares fixos e móveis. O órgão definiu que os chamados “pardais” só podem ser instalados em locais onde

Notícias

Após final da Libertadores, empresário corintiano mata esposa palmeirense a facadas

O empresário Leonardo Souza Ceschini, de 34 anos, foi preso em flagrante após assassinar a facadas a esposa Érica Fernandes Ceschini no último sábado, 30, em São Domingos, na Zona

Mato Grosso 0 Comentários

JBS PAGOU PROPINA A SILVAL BARBOSA E SECRETÁRIO DO MT

Silval Barbosa e seu grupo político, incluído o secretário Pedro Nadaf, embolsaram aproximadamente R$ 40 milhões em propina da JBS, em troca de benefícios fiscais para os frigoríficos do grupo.