MANIFESTAÇÃO DOS TRABALHADORES DA USINA DE ÁLCOOL EM JACIARA

MANIFESTAÇÃO DOS TRABALHADORES DA USINA DE ÁLCOOL EM JACIARA

Demitidos desde o ano passado, funcionários da indústria de álcool e açúcar passam por necessidades por empresa não cumprir acordo com MPT.

A situação está tensa no município de Jaciara-MT (140 km de Cuiabá), onde mais de 300 ex-funcionários da Usina Porto Seguro de Jaciara, demitidos desde o final do ano passado, ainda aguardam o pagamento de seus direitos trabalhistas.

Vários trabalhadores, estão com sérias dificuldades financeiras. Os manifestantes tentam pressionar a usina a cumprir os acordos e asseguram que não sairão do local, até que haja uma negociação efetiva.

Na manhã desta terça-feira (16) empresário Rosandro de Moura esteve acompanhando as manifestações, outro que se fez presente é o deputado estadual Max Russi (PSB), que tem ecoado o pedido de ajuda dos trabalhadores da usina junto a assembleia legislativa do estado.

Max Russi tem usado a tribuna da Assembleia Legislativa para denunciar o não cumprimento dos acordos por parte da administração da indústria de álcool e açúcar.

Além de não cumprir com os direitos trabalhistas do ex-funcionários demitidos, sem aviso prévio, a Usina Porto Seguro estaria contratando pessoas de outras localidades, sem oferecer condições dignas de moradia, conforme relato de alguns trabalhadores.

Outra denúncia seria de que a empresa estaria descartando restos e recipientes de produtos químicos, como soda cáustica, em locais não adequados, assim como nas áreas de vegetação e próximas à pequenos rios.

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Artigos

A guerra e seus impactos para a economia de MT

Por José Wenceslau de Souza Júnior Infelizmente, estamos assistindo a um conflito no leste europeu sem precedentes para a humanidade. Além de perdas humanas, a guerra entre a Rússia e

Destaques

Após 40 anos, homem retoma contato com familiares após ser localizado pela Polícia Civil

Há mais de quarenta anos, o então jovem Reinaldo Correa Gomes, hoje com 64 anos, veio para Mato Grosso e desde então, seus familiares que ficaram no estado do Paraná

Brasil

CNH: TAXISTA, UBER E MOTOBOY PODERÃO TER ATÉ 78 PONTOS

O Projeto de Lei 3.267/2019, entregue há cerca de um ano pelo presidente Jair Bolsonaro ao Congresso, passou com alterações pela Câmara dos Deputados na semana retrasada e aguarda envio