LOJAS MARTINELLO PAGOU R$ 1 MILHÃO À CARLOS FAVARO POR FRAUDE NO PRODEIC SEGUNDO DELAÇÃO

LOJAS MARTINELLO PAGOU R$ 1 MILHÃO À CARLOS FAVARO POR FRAUDE NO PRODEIC SEGUNDO DELAÇÃO

Em um anexo de sua delação premiada, o ex-governador Silval Barbosa, contou que em 2010 o produtor rural Carlos Fávaro havia emprestado R$ 1 milhão para o também agricultor Neri Geller torrar em sua campanha eleitoral de deputado federal.

Terminado o pleito, Favaro tentou reaver o crédito junto a Geller, que alegou não ter dinheiro para saldar a dívida. De comum acordo, credor e devedor encontraram um meio criativo de transferir a conta para o contribuinte. Primeiro pediram ajuda ao então governador Silval Barbosa, que alegou não poder colaborar porque já havia assumido muitas dívidas de outros companheiros.

Diante da recusa de ajuda por parte de Barbosa, Favaro e Neri Geller sacaram da manga outra alternativa: conceder redução fiscal de forma fraudulenta para o grupo Eletro Martinello. Favaro argumento que era amigo do empresário Osvaldo Martinello. Se o benefício fiscal fosse concedido, Martinello saldaria a dívida. Barbosa Concordou. O benefício foi garantido ao grupo e a dívida de Neri Geller com Favaro foi liquidada.

Redação com Edesio Adorno

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias

Fugitivo de Rondônia por roubo e sequestro é localizado dentro de ônibus

Uma ação conjunta entre as Polícias Civis de Mato Grosso e de Rondônia resultou na prisão de um fugitivo da Justiça do estado vizinho. O homem de 34 anos estava

Destaques 0 Comentários

Avião sai de Porto Alegre e cai na Argentina e todos sobrevivem

Um avião de pequeno porte que saiu de Porto Alegre caiu no município de San Fernando, na província de Buenos Aires, na Argentina, na noite desta quinta-feira (5). Segundo informações do jornal Clarín, o piloto

Notícias

Ecopontos: Projeto aprovado e mais uma taxa foi criada em Rondonópolis

O descarte de lixo nas vias públicas e privadas da cidade sempre foi motivo de grande preocupação. Mesmo havendo a coleta de lixo municipal, móveis, eletrodomésticos, entulhos e podas de

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta