quinta-feira, fevereiro 22, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Lira desmarca reunião de líderes para discutir veto de Lula

    O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), desmarcou uma reunião inicialmente prevista para esta segunda-feira, 29, com líderes partidários para discutir o veto do presidente Lula a 5,6 bilhões de reais orçamento de 2024 destinados às emendas de comissão.

    O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), desmarcou uma reunião inicialmente prevista para esta segunda-feira, 29, com líderes partidários para discutir o veto do presidente Lula a 5,6 bilhões de reais orçamento de 2024 destinados às emendas de comissão.

    Apesar disso, Lira estará em Brasília para tentar encontrar um acordo com o governo federal sobre esse assunto. Desde a semana passada, parlamentares estão inconformados com o veto presidencial.

    Lira decidiu suspender a reunião porque não conseguiu convencer os deputados a interromper suas férias parlamentares. O recesso na Câmara acabará em 5 de fevereiro.

    Representantes do governo defendem que havia um acordo prévio para que o total de emendas de comissão fosse 11 bilhões de reais, mas os parlamentares acrescentaram os 5,6 bilhões de reais que se converteram em alvo do veto. O Congresso avançou sobre o orçamento da União a partir do remanejamento de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

    Depois do veto, deputados e senadores já falam em sustar a decisão de Lula em sessão do Congresso Nacional. A expectativa é que a próxima sessão ocorra após o Carnaval.

    Integrantes do Palácio do Planalto entraram em campo para tentar amainar o ímpeto dos parlamentares. Integrantes da Câmara voltaram a defender mudanças na articulação política do governo federal.

    Além dos vetos, a reunião também abordaria a medida provisória editada pelo governo no final do ano passado que põe fim à desoneração da folha de pagamentos de 17 setores da economia. O texto é alvo de críticas dos parlamentares, pois foi editado dias após o Congresso derrubar outro o veto do presidente a prorrogação da desoneração até 2027.

    Na semana segunda semana de janeiro, o presidente da Câmara dos Deputados também esteve em Brasília. Na ocasião conversou com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, justamente sobre a MP da reoneração.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL