Juiz convoca prefeitos e Governador pede cautela ao MP; sobre possivel “lockdown”

Juiz convoca prefeitos e Governador pede cautela ao MP; sobre possivel “lockdown”

MPE quer lockdown de 14 dias em Cuiabá e Várzea Grande .

O juiz José Luiz Leite Lindote, da 1ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Várzea Grande, determinou a convocação dos prefeitos Emanuel Pinheiro (MDB), de Cuiabá, Kalil Baracat (MDB), de Várzea Grande, e do governador Mauro Mendes (DEM) para definir em audiência uma saída para explosão de casos da covid-19 em Mato Grosso.

Na decisão, proferida na noite desta sexta-feira (26), o magistrado argumentou que por cautela decidiu designar audiência de conciliação para a próxima segunda-feira (1º de março) por videoconferência, e-mail ou WhatsApp.

A medida é uma resposta ao pedido do Ministério Público Estadual (MPE) para que o Poder Judiciário determine que os Municípios de Cuiabá e Várzea Grande adotem medidas sanitárias mais restritivas por 14 dias, em conformidade com o Decreto Estadual Nº 522/2020.

O MPE solicita, por exemplo, que a Justiça “ordene ao Estado de Mato Grosso a emissão de ato específico ao Comando da Polícia Militar e Polícia Civil para o atendimento imediato e sem necessidade de prévia intervenção de agentes municipais, para a interrupção e encerramento de quaisquer eventos e atividades”.

Conforme o promotor de Justiça Alexandre de Matos Guedes, ao serem classificadas como risco alto, “fica evidente que as referidas localidades que compõem a região metropolitana de Cuiabá precisam tomar medidas supletivas de distanciamento e isolamento social, bem como de restrição de atividades, conforme os decretos estaduais nº 522/2020 e 532/2020”.

Para o promotor de Justiça, a partir do momento em que a aplicação de vacinas segue em ritmo lento, não se conseguindo sequer imunizar os grupos prioritários, a adoção das medidas não farmacológicas se apresenta como o meio mais seguro de impedir uma maior disseminação da doença.

“O enorme incremento de casos em outras regiões do país, como Amazonas, Rio Grande do Sul e mesmo São Paulo, com a inserção de novas variantes mais perigosas de Covid demonstram que é apenas questão de tempo que um quadro de mesmo tipo se estabeleça em Mato Grosso, especialmente na região metropolitana da Capital, sendo previsível o esgotamento dos meios de atendimento médico especializado, notadamente Unidades de Terapia Intensiva”, considerou.

Redação com Reporter MT

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Mato Grosso

Reinaldo Morais defende industrialização para aumentar emprego e renda

O candidato ao Senado Federal pela coligação Muda Mato Grosso continua a sua agenda pelo interior, realizando reuniões em Chapada dos Guimarães, Primavera do Leste, Alto Paraguai, além de uma

Destaques 0 Comentários

SALÁRIO GORDO: JUIZ RECEBEU R$500 MIL DO TJ DE MATO GROSSO EM JULHO

Em tempos de vacas magras e cortes nos gastos públicos, o juiz da 6ª Vara da Fazenda Pública de Sinop, Mirko Vincenzo Giannotte, não tem do que reclamar. Sua folha

Notícias

DIREITA NELES: BOLSONARISTA NO “STAFF ” DE PÁTIO

Alexsandro Silva, que vai ocupar a secretaria de Desenvolvimento Econômico em Rondonópolis, além de Economista, Consultor e Instrutor em Finanças e Estratégias Empresariais, tem um viés ideológico de direita, sendo