terça-feira, maio 28, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Juiz acusado de corrupção e lavagem de dinheiro ganha aposentadoria em MS

    O juiz Aldo Ferreira da Silva Júnior foi aposentado compulsoriamente nesta quinta-feira (24/2). A decisão foi publicada na Portaria 218/2022, assinada pelo presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, desembargador Carlos Eduardo Contar.

    A decisão foi definida pelo Pleno do TJ-MS em sessão realizada nesta quarta-feira (23/2), no bojo dos Processos Administrativos Disciplinares 066.158.0002/2019 e 066.158.0008/2019.

    Ferreira da Silva Júnior está afastado desde 2018. É acusado de corrupção e lavagem de dinheiro e responde a três ações penais. Em setembro de 2021, o Conselho Nacional de Justiça decidiu pela reabertura de um pedido de providências para investigar o magistrado por conta de indícios de venda de sentenças no valor de R$ 100 mil.

    Também responde as ações penais a esposa de Aldo Ferreira, a advogada Emanuelle Alves Ferreira da Silva, e outros advogados e empresários.

    Conforme denúncia apresentada pelo MP de Mato Grosso de Sul, em abril do ano passado, Aldo atuou na 5ª Vara de Família em Campo Grande para obter vantagens financeiras. Em um dos fatos apontados, existe a suspeita de recebimento de propina de R$ 100 mil a R$ 250 mil para favorecer herdeiros de processos que o juiz analisou quando atuou na Vara de Família.

    Também existe a suspeita de fraude em precatórios que teria ocorrido entre 2012 e 2014, envolvendo a liberação fraudulenta de valores milionários devidos ao Poder Público em causas judiciais.

    Redação com Conjur

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    PREF.RONDONÓPOLIS-PRESTAÇÃO CONTAS SAÚDE

    FESTA DAS NAÇÕES 2024

    BRASIL