segunda-feira, março 4, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    INSEGURANÇA: POPULAÇÃO SOFRE COM ATAQUES DE MORADORES DE RUA NO CENTRO DE RONDONÓPOLIS

    Basta andar pelo centro da cidade para perceber que o local está tomado por moradores em situação de rua, nos últimos dias cresceram o número de boletins de ocorrência registrados relatando ataques à pedestres e funcionários do comércio, inclusive com duas vítimas que foram parar no hospital, além dos furtos ocorridos na região.

    Além do risco e da falta de segurança, testemunhas relatam que é imensa a sujeira deixada por eles no local, pois essas pessoas fazem suas necessidades fisiológicas e usam drogas publicamente em plena luz do dia, cenas que assustam quem passa pela região central.

    Essa semana a Polícia Militar prendeu um casal de moradores de rua pelos crimes de lesão corporal e perturbação, após eles atacarem o funcionário que cuida do estacionamento de uma farmácia, localizada na rua Fernando Correa da Costa. Populares informaram que eles estavam visivelmente agressivos e que a mulher estava armada com um espeto, causando várias lesões na vítima que sofreu mordidas e perfurações, e logo em seguida foi encaminhada ao hospital.

    Diante do descaso, falta de patrulhamento e segurança, os comerciantes da região cobram do poder público que tomem providências para resolver esse problema que já vem se arrastando há muito tempo, pois a vida de quem trafega pela rua da Fernando Correa próximo à região do antigo terminal rodoviário está sendo colocada em risco dia e noite.

    “A gente precisa que a Prefeitura e os órgãos responsáveis resolvam esse problema urgente, diariamente são relatados ataques violentos e roubos aqui no centro, todo mundo está com medo de passar pelas ruas, pois não tem policiamento, e acabamos expostos o tempo todo”, finalizou uma vítima que não quis se identificar.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL