IMPEACHMENT: TRÊS HOMENS E UM DESTINO

IMPEACHMENT: TRÊS HOMENS E UM DESTINO

Por Marcelo Duarte

A disputa pela presidência da Câmara Federal, irá determinar se a vida de Bolsonaro será em um caminho tortuoso ou não, até o final de seu mandato como Presidente da República.

Neste momento um assunto mais evidente em Brasília, é a palavra impeachment, isso porque o que antes não passava de especulações políticas e palavras ao vento; pode se tornar realidade conforme as mudanças ocorram nas peças do tabuleiro, na eleição para a presidência da Câmara dos Deputados.

De um lado está Bolsonaro, com a indicação Arthur Lira (PP-AL), que barraria qualquer tentativa de impeachment do Presidente da República. O concorrente é Baleia Rossi (MDB-SP), que tem o apoio de Rodrigo Maia (DEM-RJ), tendo ainda a simpatia de governador João Doria (PSDB-SP), que polariza com o Bolsonaro na atualidade.

Nos bastidores alguns líderes do “centrão” passaram a discutir com veemência a questão de um processo de impeachment, o que antes era tido como “fora de cogitação”, passou a ser “depende”, vamos dar uma “olhada”, tem que “conversar”, etc.

Existe a prerrogativa para que o Presidente da Câmara realize a abertura dos processos de impeachment, e para isso basta aceitar um dos 61 pedidos protocolados desde fevereiro de 2019.  Sendo que 4 deles foram arquivados e duas novas denúncias foram realizadas neste ano e estão sob análise junto com outras 55.

Diante disso, o palácio do planalto já ligou o alerta e vai com tudo para fortalecer o nome de Arthur Lira, a salvação da lavoura. Ou seria do Brasil?

Redação

Talvez você também goste

PM prende homem que planejava matar Bolsonaro em MG

Um homem de 25 anos foi preso em Três Corações, por ser considerado um risco à segurança nacional e ameaçar solenidade com a presença do presidente Jair Bolsonaro na última

Notícias 0 Comentários

Deputado Claudinei participa da inauguração do bloco de Enfermagem da UFR

O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) participou nesta segunda-feira (7) da inauguração do bloco de Enfermagem da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) e do lançamento da Semana Acadêmica da Universidade

Destaques 0 Comentários

PREFEITO ZÉ DO PÁTIO NÃO CUMPRE LEI E CAUSA PREJUÍZO A SAÚDE DO TRABALHADOR

O Sindicado dos Servidores Públicos Municipais de Rondonópolis (Sispmur), encaminhou ao prefeito José Carlos do pátio um ofício pedindo agilidade na conclusão do Laudo Técnico das Condições Ambientais de Trabalho