Homem recusa usar máscara, agride funcionária de loja e vai preso

Homem recusa usar máscara, agride funcionária de loja e vai preso

A Polícia Militar prendeu um homem (27 anos) por lesão corporal, na última terça-feira, em Sorriso. O suspeito agrediu uma funcionária de uma loja, após ela orientar o cliente a fazer o uso obrigatório da máscara de proteção dentro do estabelecimento comercial.

Por volta das 14h, uma equipe da PM foi acionada via 190 para verificar uma ocorrência de agressão a uma mulher dentro de uma loja, no centro da cidade. Ao verificar a informação, os policiais localizaram a vítima. Ela contou que foi agredida por o ter orientado a colocar a máscara de proteção para entrar na loja.

Testemunhas informaram ainda que o suspeito não obedeceu a recomendação e segurou a mulher pelo braço, ocasionando arranhões e lesões na funcionária.

O homem foi detido e conduzido à delegacia.

Uso obrigatório de máscara

Como forma de prevenção a  Covid- 19, a Polícia Militar juntamente com o Procon e a Vigilância Sanitária estão a frente de ações de fiscalização e orientação ao comércio para a utilização obrigatória de máscaras. Conforme o decreto estadual 465, todos os funcionários, colaboradores e clientes devem usar a máscara sob a pena de serem notificados. 

Assessoria

Talvez você também goste

Variedades / Entretenimento

Brasil é o 3º país que mais consome cerveja no mundo

O Brasil é o terceiro país que mais consome cerveja no mundo, ficando atrás somente da China dos Estados Unidos.É o que releva um estudo divulgado pela plataforma de descontos

Destaques 0 Comentários

MOTORISTA DE UBER TEM VEÍCULO DANIFICADO POR CHUTES E PONTAPÉS DE TAXISTAS EM RONDONÓPOLIS

O motorista de aplicativo da empresa Uber Maurílio Fagundes Chaves, de 53 anos, foi ameaçado e teve o veiculo danificado por taxistas na tarde desta terça-feira (22), após deixar um

Notícias 0 Comentários

Operação PF combate desvios de recursos públicos em MT

Barra do Garças/MT– A Polícia Federal, com o apoio da Controladoria-Geral da União (CGU) e do Ministério Público Federal (MPF), deflagrou nesta quinta-feira (22/8) a segunda fase da Operação Tapiraguaia.