quinta-feira, fevereiro 22, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Homem armado ameaça funcionários de hospital para ser atendido rápido

    Um homem enfurecido por não ser atendido na hora certo no Hospital São Francisco, em Cotia, na Grande São Paulo, tomou uma atitude drástica e que causou pânico a demais pessoas no local.

    Armado, ele atirou diversas vezes na fachada do hospital, simplesmente porque não recebeu atendimento no momento que acha que deveria ser atendido.

    O caso aconteceu na quarta-feira (04), e o atendimento médico seria para esposa dele. Ao Jornal Correio do Interior, a direção do hospital São Francisco esclareceu que o homem de 32 anos, ao chegar no hospital, teria que fazer uma ficha, preenchendo informações para atendimento. O homem desesperado se recusou a fazer a ficha e disse que sua esposa precisava de atendimento r’rápido, imediato e não de ficha.

    Logo ele pegou uma arma e ameaçou a equipe de atendimento e recepção do hospital, para que atendesse sua esposa naquele momento. Transtornado, ele ainda jogou uma cadeira em uma funcionária e um celular.

    Logo ele desistiu de ser atendido, entrou em seu carro que estava parado na porta do hospital e efetuou diversos disparado na fachada do hospital.

    Homem foi detido instantes depois
    Instantes depois, a Polícia Militar localizou o homem com base na suas descrição física e modelo de seu carro, em frente à Unidade de Pronto Atendimento do bairro Atalaia. Em abordagem, os Policiais encontraram a arma usada na ação, dentro do carro.

    Para os Policiais, ele admitiu ter atirado no hospital, e justificou o fato por estar preocupado com sua esposa que havia sofrido um acidente. O homem informou que tinha o registro da arma, porém, ele não tinha a permissão de uso, conhecida como porte. Ele foi preso em flagrante por porte ilegal de arma e levado a delegacia de Cotia.

    Fonte: Correio do Interior

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL