GUIRATINGA: OPOSIÇÃO DA CÂMARA DE VEREADORES PREJUDICA OBRAS NO MUNICÍPIO

GUIRATINGA: OPOSIÇÃO DA CÂMARA DE VEREADORES PREJUDICA OBRAS NO MUNICÍPIO

A eleição acabou em novembro de 2020, no entanto no município de Guiratinga (316 km de Cuiabá) ao que parece ainda não. O clima político da cidade dividido entre dois grupos permanece tenso até o momento.

Segundo as informações no dia 11 de junho, foi Retirado da PAUTA, um Projeto de Lei, na câmara de vereadores que previa a autorização para que o prefeito Barga Rosa (DEM) utilizasse o MAQUINÁRIO Particular e pessoal, para realização de obras no município de forma gratuita, onde o município arcaria somente com o combustível, uma vez que neste momento o maquinário está deficitário, e necessita ser adquirido através de processos burocráticos de compra.

Ocorre que enquanto a licitação para compra não acontece, as obras permanecem paradas e prejudicam a população do município. Uma vez que neste momento é necessário deixar de lado as afinidades ou divergências políticas e ter como objetivo o melhor para a população de Guiratinga.

É lamentável que por questões de divergência ou posições ideológicas, os vereadores não se atentem para esta questão e deixem o projeto tramitar ser regime de urgência, atrasado ainda mais as obras.

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

VEM AÍ A RENOVAÇÃO POLÍTICA NA ALMT EM 2018

A eleição do próximo ano, deverá ser marcada pela ruptura da linha política tradicional, principalmente nas eleições proporcionais para deputados estaduais no MT. Uma esperada renovação na assembleia legislativa do

Destaques 1Comentários

NELSON BARBUDO SUGERE AO GOVERNADOR DO MT QUE CRIE MÁQUINA PARA IDENTIFICAR CORRUPTOS

Após receber o link de uma matéria publicada no site marreta urgente informando de Uma operação arrecadatória em Rondonópolis.Sob a alegação de combater a criminalidade e aumentar a segurança da

Mato Grosso 0 Comentários

Deletran alerta para o compartilhamento de notícia falsa referente a fiscalização

Uma notícia que está circulando nos últimos dias nas redes sociais não condiz com os procedimentos adotados pela Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran), da Polícia Civil, em relação